Menos graves na UPA

A partir de 1º de novembro, o Plantão 24 horas do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) deixará de atender casos menos graves pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A comissão que foi formada para elaborar o plano de recuperação da casa de saúde adotou esta como a primeira medida para a busca do equilíbrio econômico e financeiro da instituição. A demanda “azul e verde”, conforme a classificação do Protocolo de Manchester, será encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Cruzeiro. Com isso, o Plantão terá um médico a menos, gerando uma economia de R$ 43 mil mensais, segundo o presidente do HSSM, Luciano Spies, que garante que não haverá prejuízo no atendimento à comunidade.

BRINCANDO COM FOGO

Chegou à coluna um relato sobre episódio desagradável ocorrido na sinaleira da esquina das ruas Osvaldo Aranha e 15 de Novembro, onde a referência é o Posto Shell Knies. Malabaristas faziam suas atividades costumeiras, com objetivo de arrecadar recursos, mas chamou a atenção o fato de que havia fogo nos malabares. Em dado momento, quando o semáforo abriu, um deles foi fazer a solicitação de valor e, por pouco, não atingiu o condutor de um veículo com o fogo. O motorista tirou satisfações e teria sido xingado. Preocupado com a situação de risco, avisou o Departamento Municipal de Trânsito e fez registro de ocorrência na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Fora o susto, a fonte ficou impressionada, especialmente, pelo manejo de fogo próximo ao posto de combustíveis. Fica o alerta.

ALERTA PARA A ASSOEVA

Neste sábado, 19, a Assoeva começa a decidir o Estadual de Futsal Série Ouro. O confronto de ida contra o SER Alvorada será em Canoas, a partir das 19h, com transmissão da Rádio Terra FM. No adversário joga um conhecido meu, Gui Fonseca, ala de muita qualidade, que já atuou fora do país e merece atenção da Assoeva. Nos meus tempos de Viamão, fui treinador dele, que normalmente decidia as coisas em nosso favor. Costumo dizer para os amigos aqui em Venâncio que o Gui seria uma boa contratação para a Assoeva. No fim de semana seguinte, no jogo no Poliesportivo, vocês poderão confirmar o que estou escrevendo aqui.

REGIONAL DA ASLIVATA

Já no domingo, 20, serão conhecidos os semifinalistas do Regional da Aslivata. Flor de Maio e Assespe decidem em casa, mas a missão do time de Linha Travessa – onde vou estar, passando as informações para a Rádio Terra – é mais dura: precisa vencer o Atlântico, de Estrela, no tempo normal e nos pênaltis para figurar entre os quatro melhores da competição. A Assespe se classifica com um empate diante do União Santo André, de Lajeado. Fica a torcida para que os dois clubes de Venâncio Aires passem de fase.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome