Eloisa Bergamaschi conquista título inédito do Festmirim, em Santa Maria

Eloisa Bergamaschi conquistou o título de campeã, do Festival (crédito: arquivo pessoal)

O Centro de Tradição Gaúcha (CTG) Chaleira Preta, de Venâncio Aires, e a família Bergamaschi comemoram o título de campeã do Festmirim alcançado por Eloisa Bergamaschi, 12 anos. Filha de Suzane e Jaime Luis Bergamaschi, a menina conquistou o troféu máximo na modalidade Declamação, em um dos festivais mais concorridos para a categoria mirim.

Realizado entre os dias 25, 26, 27 e 28 de julho, o evento organizado pelo Centro de Pesquisas Folclórica (CPF) Piá do Sul, de Santa Maria, chegou à 25ª edição e reuniu 80 grupos artísticos do Rio Grande do Sul, além das modalidades individuais e de pares. Entre os grupos participantes, a Invernada Mirim do CTG Erva-Mate.

51 CONCORRENTES

Eloisa Bergamaschi, ou Elo – como é carinhosamente chamada – concorreu no festival com mais 51 prendas, na modalidade, representantes das 30 Regiões Tradicionalistas (RTs), do Rio Grande do Sul. Ela que que já havia conquistado o título de tricampeã da modalidade no rodeio artístico da 24ª Região Tradicionalista (24ª RT) traz para a Capital do Chimarrão “esse título inédito”, relata a Agregada das Falas, da entidade, Manoela Carvalho – Manú Carvalho.

Segundo Manú, a entidade também participou nas modalidades Declamação Masculina, com Arthur Ferreira, e Dança de Salão, com o casal Matheus Loeblein e Amanda Fagundes. Ela destaca que todos os representantes do Chaleira Preta se classificaram para a final do evento, realizada no domingo, ficando esses entre os 15 melhores do estado em suas categorias.

Arthur, Amada, Eloisa e Matheus Leoblein representaram o CTG Chaleira Preta

 

“Essa colocação não é só minha, mas sim de muita gente que me acompanhou, torceu e me ajudou para que eu chegasse até aqui.”

ELOISA BERGAMASCHI

Campeã do Festmirim –  Declamação


 “A Eloisa sempre nos surpreendeu com seu empenho e dedicação ao tradicionalismo. Ontem ela escreveu uma bela página na história do CTG Chaleira Preta, trazendo esta conquista inédita para a nossa entidade. O orgulho e a alegria são imensuráveis! Estamos radiantes com a conquista dela e também com a brilhante participação do Arthur, da Amanda e do Matheus.”

Kelen Dewes

Patroa – CTG Chaleira Preta


POEMAS DEFENDIDOS POR ELOISA

Sábado, 27 – classificatória

• Poema – ‘Dos mascates de si mesmo’

• Autoria:  Julio Cesar Paim

•.Domingo, 28 – final

• Poema: ‘Na penumbra dos Luzeiros’

•Autoria: Loresoni Barbosa

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome