Paixão: um legado através do tempo

Peão Farroupilha do RS, Micael Feliciano Machado Lopes; coordenadora da 24ª RT, Luce Carmen Mayer, diretores culturais da Região, Cristiana Moraes e Jeferson Valente (créditos: Beatriz Colombelli/FM)

A tarde deste domingo 1º de setembro, foi reservado pelo Departamento Jovem da 24ª Região Tradicionalista (24ª RT) para viajar no tempo com legados de Paixão Côrtes. Com a temática Paixão: um legado através do tempo, as atividades culturais foram apresentadas por representantes de seis entidades da Região, durante o Tchêncontro da Juventude Gaúcha. Evento realizado em Venâncio Aires, no Centro de Tradição Gaúcha (CTG) Erva-Mate.

‘DANÇAS E ANDANÇAS’

Os trabalhos que abordaram legados de Paixão Côrtes, a partir do livro ‘danças e andanças’, se iniciaram com palestra ministrada pelo 1º Peão Farroupilha do Rio Grande do Sul, Micael Feliciano Machado Lopes. O jovem falou sobre a vida e obras, importância das pesquisas do folclorista e “a riqueza desta contribuição” para o Movimento Organizado. Os trabalhos foram acompanhados por Muriel Machado Lopes, 2ª Prenda do RS, gestão 2010/11, e Lucas de Oliveira, integrante da comissão de indumentária do Fegadan e avaliador de concursos.

Muriel e Lucas enalteceram o “excelente” trabalho realizado pelos jovens da 24ª RT, bem como o apoio da coordenadoria, departamento cultural e culturais das entidades na organização. “A qualidade e o carinho”, demonstrado pelos envolvidos, nas apresentações, também mereceram elogios de Muriel e Lucas.

A coordenadora da 24ª RT, Luce Carmen da Rosa Mayer, acompanhada pelo diretor do departamento jovem da Região, Bruno Kuhn e culturais da Região, Cristiana Treib Moraes e Jeferson Valente, gestão de Prendas e Peões da Região, estiveram à frente do evento. Luce Carmen agradeceu o espaço disponibilizado pela patroa do CTG Erva-Mate, Patrícia Padilha, e reforçou a qualidade das apresentações, lembrando que os departamentos jovens e culturais são o “coração das entidades”.

EM ÂMBITO ESTADUAL

As pesquisas, a partir de agora, serão compiladas, e levadas para o Tchêncontro Estadual da Juventude Gaúcha, que ocorrerá no dia 13 de outubro, na cidade de Farroupilha.

ENTIDADES PARTICIPANTES E LEGADOS

  • CTG Bento Gonçalves – Lajeado (A contribuição do imigrante italiano e o jeito de dançar)
  • Grupo Folclórico (GF) Essência da Tradição – Venâncio Aires (A rota dos tropeiros e o fandango no RS)
  • CTG Erva-Mate – Venâncio Aires (Contribuição do imigrante alemão)
  • Grupo de Artes Nativas (GAN) Anita Garibaldi – Encantado (Trajetória de Paixão em busca das danças tradicionais e de salão)
  • CTG Chaleira Preta – Venâncio Aires ( Apresentações de danças na 3ª Semana do Folclore, com alunos da Escola Júlio de Castilhos de Porto Alegre)
  • CTG Querência do Arroio do Meio – Arroio do Meio (Danças no período da 2ª Guerra)

PATRONO

Quem esteve por lá prestigiando o evento foi o patrono dos festejos farroupilhas/2019, de Venâncio Aires, Luís Carlos Silva, o Tita. Assim como para todas as entidades representadas, ele também recebeu uma planta nativa, como simbolo da continuidade de uma história que se iniciou em 1947, com Paixão Côrtes e hoje precisa ser preservada, bem como a natureza.

O regalo foi entregue por Cristian Leoblein, do CTG Chaleira Preta, entidade de origem do patrono, a qual foi sócio-fundador.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome