Prenda de Rio Grande conquista título estadual

A 51ª Ciranda Estadual de Prendas realizada, em Bagé, na 18ª Região Tradicionalista, entre os dias 19 e 21, divulgou a nova gestão de Prendas do Rio Grande do Sul, na madrugada deste domingo, 22, durante fandango oficial. As nove jovens representam o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) gestão 2022/23.

O título máximo de 1ª Prenda do Rio Grande do Sul ficou com Giovana Martins Conceição, representante do CCN Sentinela de Rio Grande, 6ª Região Tradicionalista (6ª RT). Mais uma vez a vizinha 5ª Região, com a representante de Pantano Grande, Renata Eidt Schiedecke, do CTG Carreteiros da Saudade, trouxe título. A jovem conquistou a faixa de 1ª Prenda Juvenil do RS. E o título de 1ª Mirim, foi para Katarine Peripolli Dias, de Ijuí (9ª RT), do CTG Clube Farroupilha.

Gestão 2022/23

  • Categoria adulta
  • 1ª Prenda: Giovana Martins Conceição – CCN Sentinela do Rio Grande, Rio Grande (6ª RT)
  • 2ª Prenda: Dienefer Canabarro – Sociedade Lomba Grande, Novo Hamburgo (30ª RT)
  • 3ª Prenda: Daiana Dal Ros – CCN Piazito Carreteiro, Ijui (9ª RT)
  • Categoria Juvenil
  • 1ª Prenda: Renata Eidt Schiedecke – CTG Carreteiros da Saudade, Pantana Grande (5ª RT)
  • 2ª Prenda: Carolina Gehres Moraes – CTG Aldeia dos Anjos, Gravataí (1ª RT)
  • 3ª Prenda: Laura Tedesco Bressan – CTG Rincão da Roça Reúna, Veranópolis (11ª RT)
  • Categoria Mirim
  • 1ª Prenda: Katarine Peripolli Dias – CTG Clube Farroupilha, Ijuí (9ª RT)
  • 2ª Prenda: Dara Montagna Netto – CTG Mata Nativa, Canoas (12ª RT)
  • 3ª Prenda: Ana Lívia Polônia Fröhlich – CTG Querência de Nova Hartz, Novo Hamburgo (30ª RT)
  • (Fonte: MTG)

Nossas representantes

A 24ª RT, coordenada por Luce Carmen da Rosa Mayer, esteve presente no concurso com a 1ª Prenda, Letícia Schmachtenberg, do CTG Chaleira Preta de Venâncio Aires; 1ª Juvenil, Amália Rempel Fontana, do CTG Querência do Arroio do Meio, de Arroio do Meio, e 1ª Mirim, Maria Eduarda Slaifer, do GAN Anita Garibaldi de Encantado.

Segundo a coordenadora elas deram o seu melhor. “Foi uma caminhada de muito aprendizado, empatia e amizades, momentos de integração e de nos conhecermos melhor.” Embora as representantes não tenham alcançado o resultado esperado, Letícia ficou entre as 10, concorrendo com 23 candidatas; Amália ficou com o 9º lugar, também entre 23, a Maria Eduarda entre as 26 participantes mirins alcançou a 12ª posição.

Nota da Colunista

Parabenizo a todas as concorrentes, desta 51ª Ciranda Cultural de Prendas, “onde os sonhos se renovaram em Bagé”, e certamente, todas que lá estiveram – nestes dias de frio intenso – retornaram, se não com o objetivo alcançado, mas com o coração mais quente de aprendizado, amizades e pertencimento. Para algumas, os palcos das Cirandas se encerram pelo fator idade, nas respectivas categorias, para outras um novo ciclo recomeça. Mas, das apresentações que pude acompanhar de casa – por motivos de saúde – todas falaram de sonhos, recomeços e amor pela tradição. Muita luz, à nova gestão. Às demais, novos caminhos se faz caminhando e o Movimento Tradicionalista Gaúcho precisa deste imenso conhecimento adquirido por vocês. Forte abraço!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques