Primeiro Encontro Regional de Patrões 2019

O primeiro Encontro Regional de Patrões 2019, da 24ª Região Tradicionalista (24ª RT), ocorreu na terça-feira, 22, à noite, no Centro de Tradição Gaúcha (CTG) Tropilha Farrapa, em Lajeado, e teve como principal objetivo a posse oficial da coordenadoria.

Com a presença do presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Nairioli Antunes Callegaro (terceiro da esquerda) e esposa, Juliana de Miranda; 1ª Prenda do Rio Grande do Sul, Jéssica Thaís Herrera e demais autoridades tradicionalistas, a coordenadora Luce Carmen da Rosa Mayer, 47 anos, reassumiu o cargo na Região, para o qual foi reconduzida, em dezembro do ano passado.

Moradora de Venâncio Aires, a professora Luce Carmen que já tinha assumido diversos cargos na Região e também no MTG, foi a primeira mulher à frente da 24ª RT, eleita para 2018. Na gestão 2019, ela terá a seu lado, o vice-coordenador Vanderlei Airton Kuhn e uma grande equipe, nos respectivos departamentos.

Foto: Marina Mayer / Divulgaçãoxx
Flavio Antonio Rodrigues, Kelen Dewes, Bruno Kuhn, Clarice Borge, Jair Rogério Bomm, Marilda Dolores de Oliveira, Luce Carmen Mayer, Clecio Schwarze. Vanderlei Kuhn, Davi Musskopff, Juliana de Miranda, Nairo Callegaro, Marcos de Souza, Cristiana Treib Moraes,Jéssica Thaís Herreira, Leonice Maria de Oliveira e José Adair da Silva

Segundo a coordenadora, por conta do período de férias, alguns tradicionalistas não puderam se fazer presentes, porém, até o mês de fevereiro, novos nomes serão agregados aos departamentos.

Luce Carmen destaca a gratidão às entidades e o reconhecimento destas, em confiar no trabalho realizado. Ela reafirma seu comprometimento ao citar, alguns dos inúmeros compromissos que terá pela frente, em âmbito local, regional e estadual, para organizar e se engajar. Entretanto, acredita que “com trabalho em equipe tudo se torna possível.”

Entre os principais eventos, ela destaca aqueles que exigem engajamento redobrado dos departamentos afins, e a interação de todos. Sem contar os eventos culturais e artísticos (além dos campeiros), as reuniões mensais, demais compromissos com as entidades associadas e representatividades em eventos tradicionalistas.

 Fevereiro: Seletiva regional, dias 22 e 23 de fevereiro, para a Festa Campeira do Rio Grande do Sul (Fecars), no mês de abril em Xangri-lá

Abril: Entrevero Cultural de Peões – fase estadual

Maio: Ciranda Estadual de Prendas, em Lajeado – cidade-sede da 1ª Prenda do RS, Jéssica Thaís Herrera

Junho: Rodeio Artístico Regional – fase classificatória para a Inter-regional do Encontro de Arte e Tradição Gaúcha (Enart)

Junho: Ciranda Cultural de Prendas – fase regional – em Venâncio Aires, no CTG Erva-Mate, entidade da 1ª Prenda Regional, Marina Mayer

….”depois a Inter-regional, Enart, Mostra Folclórica, Convenção Tradicionalista e o Congresso Tradicionalita”

 Chapa ‘Unidos pela 24ª RT’- gestão 2019Coordenadora: Luce Carmen da Rosa Mayer – CTG Erva-Mate

Vice-coordenador: Vanderlei Airton Kuhn – Piquete Arno Markus

Sota-capataz: Leonice de Oliveira – CTG Bento Gonçalves

Agregado das Pilchas: José Claudio Buzata – CTG Tropilha Farrapa

Departamento Campeiro: Clecio Schwarze

Departamento de Cavalgadas: Davi Musskopff

Conselheiro da Região junto ao MTG: Flávio Antônio Rodrigues

Departamento cultural: Jéferson Valente e Cristiana Treib Moraes

Departamento artístico: Jair Rogerio Bomm

Departamento Jovem: Bruno Kuhn

Departamento de Cartões: Marina Mayer

Comissão de Ética:

José Adair da Silva – CTG Tropilha Farrapa

Marilda de Oliveira – CTG Bento Gonçalves

Maria Delci klunk – CTG Querência da Amizade

Kelen Dewes – CTG Chaleira Preta

Margrith Inês Walilbrink – CTG Querência Westfaliana

Clarice Batista Borges – CTG Tropilha FarrapaConselho Fiscal Cesar Luís Beneduzi – CTG Capitão Ribeiro

Marcos André de Souza – CTG Caminhos da Serra

Claudete Remmpel – CTG Querência do Arroio do Meio

Jonas Calvi – CTG Giuseppe Garibaldi

Jair Hemming – CTG Armada Nativa

Amaro Dilmar Santiago – Piquete Sinuelo de Tropa

 FALA, COORDENADORA!

Folha do Mate: reeleita, pelo segundo ano e com grandes eventos pela frente, o que te move a partir de agora a enfrentar com tua equipe estes desafios?

Luce Carmen Mayer: A gratidão e o reconhecimento das entidades da nossa Região. Quase 90% delas aprovaram nosso trabalho, então isso é o que nos move, nos dá força, para a caminhada de 2019, com grandes eventos pela frente: a Ciranda Estadual de Prendas, [mês de maio] a preparação para o Congresso Tradicionalista Gaúcho no ano de 2020, [janeiro] que já se inicia agora, além de todos os eventos regionais que a gente tem.

Mas com a equipe que nós temos de trabalho, eu tenho a certeza e a confiança em cada um deles que darão o máximo de si, pensando pelo bem coletivo da nossa 24ª e do Movimento como um todo. E é com esse objetivo, com este intuíto que nós queremos trabalhar este ano, ajudando as nossas entidades, ajudando elas nas suas organizações, nas promoções dos seus eventos.

E cito um exemplo, sobre as Festas Campeiras, que estamos nos fazendo presentes na secretaria, aos sábados – auxiliando nas inscrições das equipes e das modalidades –  para que realmente se faça cumprir o que a gente acorda nos Encontros de Patrões, que é a cobrança do Cartão Tradicionalista. Nós temos durante o ano, 34 Festas Campeiras, que a temporada começa em agosto e vai até fim de maio. E nestes 34 sábados a gente estará presente para auxiliar conforme combina nas reuniões. Trabalho que, durante o Encontro de Patrões [dia 22 de janeiro], o Conselheiro do MTG, na Região, Flávio Antonio Rodrigues, reafirmou perante o presidente do MTG.

 

  Nada se faz sozinho’. Com o conhecimento campeiro por parte do vice-coordenador, ele estará auxiliando, também em todos os momentos, em todos os eventos. Assim como todos os coordenadores de departamentos, vão ter esta inter-relação entre eles. E essa união de esforços que faz com que no final, tenhamos este reconhecimento e o sucesso que tivemos em 2018.

Foto: Divulgação / Divulgaçãoxx
Coordenadora com prendas regionais e visitantes

 

Foto: Divulgação / Divulgaçãoxx
Juliana de Miranda, em uma roda de conversa, com as prendas, em um projeto dela intitulado ‘Tradicionalismo para todos’, dedicado às Regiões