Região divulga Destaques Tradicionalistas

No mês de dezembro, as entidades recebem a pontuação das atividades realizadas, junto à Região Tradicionalista (RT), no Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e nos seus municípios. A divulgação ocorre após comprovações encaminhadas às coordenadorias regionais. Para cada atividade uma pontuação é atribuida, conforme resolução do MTG.

Foto: Arquivo pessoal / divulgaçãoxx
CTG Chaleira Preta alcançou 200 pontos  e obteve o primeiro lugar 

O resultado, neste mês, não deixa de ser um presente de Natal. Afinal, para quem trabalha o ano todo é hora de colher os frutos. Embora, cada entidade se esforce durante o ano, há quem ‘se puxe um pouquinho mais’, participando de eventos, em âmbito regional e estadual, com o máximo de integrantes e seus departamentos. Além disso, realizam eventos, participam dos Encontros Regionais de Patrões e agregam conhecimentos a seus associados.

EMPATE NO PRIMEIRO LUGARO Centro de Tradições Gaúcha (CTG) Chaleira Preta, de Venâncio Aires, liderado pela patroa Kelen Dewes, e o CTG Querência do Arroio do Meio, de Arroio do Meio, do patrão Loivo Fuhr, alcançaram a pontuação máxima de 200 pontos. As entidades ocupam assim a primeira posição na 24ª RT. Estas entidades, juntamente com outras das demais Regiões, serão homenageadas, em 2019, durante aniversário do MTG, como ocorre anualmente.

Foto: arquivo pessoal / divulgaçãoxx
CTG Querência do Arroio do Meio, de Arroio do Meio, também alcançou 200 pontos

Segundo a patroa, Kelen para atingir a pontuação é fundamental que todos os departamentos do CTG estejam envolvidos. “O Chaleira Preta se empenhou para participar de todos os eventos propostos pelo MTG e 24ª RT, não só para esta pontuação, mas para que a gente estivesse a par do que acontece além do nosso CTG”, destaca. A entidade que tem o galpão e pista de laço em Linha Bela Vista, conta com 240 associados.

SEGUNDO LUGAR

De Venâncio Aires, o CTG Erva-Mate, que tem à frente da patronagem Patricía Padilha, conquistou o segundo lugar com 195 pontos. 

Foto: Arquivo pessoal / Divulgaçãoxx
Patroa do CTG Erva-Mate, Patricia Padilha comemora o segundo lugar com 195 pontos

TERCEIRO LUGAR

A terceira posição foi alcançada pelo Grupo de Artes Nativas (GAN) Anita Garibaldi, de Encantado, com 190 pontos. A entidade tem na lideraçança Jairo Custoldi.

Foto: arquivo pessoal / divulgaçãoxx
Grupo de Artes Nativas (GAN) Anita Garibaldi está entre as três com maior número de pontuação destaque

 CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

Participação no Congresso Tradicionalista

– Patrão ou capataz = 10 pontos- Dois Delegados ou mais delegados = 20 pontos

Festa Campeira do Rio Grande do Sul (Fecars)- Seleção = 5 pontos- Até 2 laçadores = 5 pontos- Mais de dois laçadores = 10 pontos

Entrevero de Peões (fase regional)- Mínimo um representante = 15 pontos

Ciranda de Prendas (fase regional)- Mínimo uma representante: 15 pontos

Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart) – classificatória- Grupo de danças = 5 pontos- Individuais = 5 pontos- Até dois participantes = 5 pontos- Mais de dois participantes = 10 pontos

Seminário Estadual Prendas e Peões- Mínimo um participante = 5 pontos

Encontro Regional de Patrões- 75% de presença = 25 pontos

Promoção de Eventos Culturais (até 20 pontos)- Um evento = 10 pontos- Dois eventos = 20 pontos

Promoção de eventos Departamento Jovem (até 15 pontos)- Um evento = 5 pontos- Dois eventos = 15 pontos

Promoção de eventos Campeiro, artístico e esporte- Cada evento = 5 pontos (até 15 pontos)

Participação geral da entidade na RT = até 20 pontos

 RESOLUÇÃO – LISTA DESTAQUE TRADICIONALISTA

Resolução nº 03/2002 – Referendada na 56ª Convenção Tradicionalista, com as alterações introduzidas pela Resolução nº 01/2006 na 70ª Convenção Tradicionalista na reunião do Conselho Diretor em 27/10/2007) e pela Resolução nº 04/2009 na 74ª Convenção Extraordinária. (fonte: MTG)

 Foto: Arquivo pessoal / divulgaçãoKelen tem  o apoio do esposo, xxxx e da filha Lívia,  trilham pelos caminhos da tradição gaúcha

Kelen Dewes, o esposo,  Ricardo Fernandes, e a filha Lívia, trilham pelos caminhos da tradição gaúcha

“Com a presença, a gente está sempre levando a nossa cultura e aprendendo muito em cada evento.” Kelen Dewes – patroa do CTG Chaleira Preta