Tampinhas separadas agilizam retorno à Casa de Acolhimento

Voluntários se uniram para a ação (Crédito: Luana Pereira/divulgação)

Resultado de doação, por parte do Festival Estadual Artístico Pré-Mirim (Premiart), realizado pelo Centro de Tradição Gaúcha (CTG) Erva-Mate, no mês de outubro, as três toneladas de tampinhas plásticas que foram repassadas à Casa de Acolhimento começam a ser separadas.

Com objetivo de agilizar a comercialização, a patronagem da entidade doadora reuniu cerca de 30 voluntários para auxiliar na separação por cor, no sábado, 23, no Ginásio de Exposições, do Parque do Chimarrão. A ação pensada e executada pela patronagem do Erva-Mate teve forte parceria da América Tampas e Sulpel.

“A América Tampas é a mantenedora do contêiner e responsável pela agenda de recebimento desse material, já a Sulpel é a empresa que pesa, compra o material e o transforma para que volte ao mercado, como por exemplo cerdas de vassouras”, informa a sota-capataz do Erva-Mate, Luana Pereira.

Nova ação está prevista para ocorrer no dia 8 de dezembro. Cerca de 300 quilos de tampinha foram separadas, na primeira ação.



 

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome