Venâncio sedia festa campeira da 24ª Região e seletiva à Fecars

Maninho Santiago destaca o orgulho ter os ensinamentos e laçar com o pai (Crédito: arquivo pessoal)

“Laçar com o nosso velho, aquele que nos ensinou como dar a primeira boleada com o laço, como conduzir o cavalo no campo e na cancha, aquele que me faz sentir orgulho de dizer que sou filho dele, e me ensinou a ser o homem que sou hoje, não tem preço.” Jackson Santiago, o maninho

Chegou a hora da 24ª Região Tradicionalista (24ª RT) conhecer os representantes que vão representá-la na Festa Campeira do Rio Grande do Sul (Fecars), no mês de março, em Pelotas. Neste sábado e domingo, 22 e 23, a partir das 8h, os laçadores estarão disputando vagas, nas diversas modalidades, durante a Festa Campeira da 24ª RT, realizada em Venâncio Aires, na Pista de Laço Machry.

De acordo com a coordenadora da Região, Luce Carmen da Rosa Mayer, além da seletiva, o evento também é aberto aos demais laçadores, em todas as modalidades. Do evento, ainda, sairá o campeão do rodeio – aquele que atingir o maior número de pontos – e que levará o ‘Troféu Móvel 24ª RT’.

Na organização estão o vice-coordenador, Vanderlei Kuhn, o diretor campeiro, Amaro Dilmar Santiago, o Mano Santiago e demais membros da coordenadoria. O venâncio-airense Vilnei Ferreira, assessorado por Madison Mota estará à frente da narração. Três julgadores vão estar ‘de olho’ nas armadas. Dentre estes, o jovem Felipe Mayer, também da Capital do Chimarrão.

“TODA ARMADA É UMA EMOÇÃO DIFERENTE”

Dedicado às lides campeiras, desde os sete anos, Jackson Santiago, 23 anos, o Maninho Santiago, integrante do Piquete de Tradição Gaúcha (PTG) Sinuelo de Tropa, localizado em Picada Nova, é um dos competidores que estará buscando uma das vagas na seletiva. O jovem que tem 20 troféus conquistados, destaca o orgulho em participar de mais uma edição da seletiva, mas acredita que para quem tem esse amor pelo rodeio e pela tradição gaúcha, toda armada é uma emoção diferente. “Toda vez que a gente consegue se classificar e o narrador fala teu nome na final, é um sentimento diferente”, acrescenta.
O filho do Mano Santiago e da dona Nara Terezinha, irmão da Janaína, acrescenta que “a cada rodeio, a cada armada busca sempre melhorar”.

Ele que participou da final, em 2015, realizada em Santa Cruz do Sul, na modalidade ‘Pai e Filho’, busca uma das vagas entre os ‘dez melhores laçadores’ que vão representar a 24ª RT, entre os dias 19 e 22 de março, em Pelotas. Com o cavalo ‘Delegado 05 do Sarrabulho, Crioulo’, presente de um amigo, Maninho está na segunda temporada de rodeios com ele, e juntos vão buscar fazer bonito na pista de laço. O jovem também destaca a preferência quanto às modalidades: “se precisasse escolher, com certeza seria a ‘Pai e Filho’, porque como o nome já diz, é uma modalidade onde pai e filho laçam juntos. Falo por mim e tenho certeza que por muitos outros agora”, afirma.


  • Festa Campeira da 24 RT
  • Pista de Laço Machry
  • Início das competições, às 8h, neste sábado
  • Abertura oficial às 18h, com desfile de bandeiras das entidades participantes, pronunciamentos
  • Lançamento da Festa Campeira beneficente ao Hospital São Sebastião Mártir
  • Continuação neste domingo, 23
  • Ingressos custam R$ 5


Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome