Primavera à vista na capital britânica

Nesta semana de volta à terra da Rainha estamos curtindo o início da primavera na capital britânica. Depois de tanto tempo sem sol, no inverno que se prolonga a cada ano, a chegada da primavera no continente europeu significa muito mais que uma simples mudança de estação. A primavera por aqui traz renovação inimaginável a quem está acostumado ao calor dos trópicos. Enquanto o inverno rigoroso deixa marcas tangíveis e impregnadas no nosso comportamento, a magia primaveril trata de ofuscá-las, salpicando o ar com fragrâncias suaves ao cantarolar dos passarinhos.

A penumbra do inverno europeu se dissipa rapidamente nos dias mais longos de céu azul reluzente. Nos últimos dias o sol deu o ar da graça pelos parques e avenidas de Londres, trazendo consigo o espírito da renovação. É como se, de um dia para o outro, uma agradável sensação de renascimento recuperasse o esplendor da vida. A estação das flores toca lá no fundo, na alma das pessoas transformando o horizonte em paisagem sublime, estampando alegria e irradiando vibrações positivas . E Londres, neste início de estação, se reveste de um brilho especial! Ainda que os termômetros não passem dos 12 graus a sensação é de calor pois a alma se preenche com o ressurgimento da natureza. Com o sol raiando e os termômetros subindo, a inglesada corre para rua com manga curta sem se importar com o ventinho que continua frio. Com a primavera chega a hora de renovar o guarda-roupa, de rever hábitos, de sorrir sentindo o ar fresco e perfumado tocando levemente na pele.

Narcisos amarelos anunciam a chegada da nova estação.

Passeando pelo parque de Saint James no coração londrino, contemplamos de perto esta mudança tão especial. A maioria das árvores continua ainda sem folhas mas a floração já dá sinais de vida com muitas cerejeiras desabrochando. Pelos gramados a paisagem é amarela com canteiros infinitos de narcisos silvestres tão típicos desta época. Com o anúncio da abertura total da Inglaterra a todos visitantes, independente de vacinação, e o fim de protocolos de restrições impostos durante a pandemia, a capital britânica estava lotada de gente nesta semana. Retornamos, finalmente, à vida normal! E com os dias cada vez mais longos, passear pelos parques e avenidas londrinas se transforma num programa de puro deleite.

A primavera anuncia a chegada de um novo ciclo de bons ares, criando um espetáculo de vitalidade de encher os olhos, até então dormentes, acostumados ao céu cinzento de inverno. Ela anuncia o despertar, um apelo a todos os sentidos. A floração colorida e contagiante devolve esplendor aos parques e jardins convidando a todos a caminhar, ou simplesmente se sentar nos banquinhos ou na grama em torno dos lagos e entre canteiros floridos, bem à moda londrina, para curtir e se entregar às maravilhas da nova estação. Os próximos meses serão de total transformação pois a cada semana novos canteiros vão aparecendo e as copas das árvores vão se fechando pelos parques da capital. A cada mudança um novo ciclo, que vai além da natureza pois as estações têm uma influência direta no dia-a-dia dos europeus. Eu adoro as estações bem definidas aqui na Europa – elas se repetem sem falha, nunca são iguais mas sempre voltam, uma constância na nossa vida, como o dia e a noite. Um brinde à primavera!

Início de primavera e volta à vida normal capital britânica.

LEIA MAIS:

Lituânia comemora 32 anos de independência da URSS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques