Hipertensão arterial

Sem sombra de dúvida, uma das doenças que mais compromete a qualidade de vida do ser humano é a hipertensão arterial, também chamada de pressão alta e que pode atingir todas as pessoas. Alguns especialistas já consideram a pressão alta, quando esta ultrapassa os 130 x 80 ou 120 x 80 mm Hg, dependendo da idade e de uma série de outros fatores. Fala-se que 30 milhões de brasileiros sofrem de pressão alta, e que 2/3 dos óbitos em nosso país relacionam-se à hipertensão arterial, ataque cardíaco, trombose e derrame.

A causa da hipertensão, na maioria das pessoas é desconhecida e somente em poucas situações se pode determinar a sua origem. O que se sabe é que está ligada a história familiar, ou seja, pais ou familiares próximos com hipertensão. Neste caso, a possibilidade de se desenvolver a doença será maior. O excesso de peso, o uso abusivo de bebida alcoólica, tabagismo e vida sedentária, também aumentam em muito a chance de alguém se tornar hipertenso.

Quanto ao seu tratamento, é importante que se tenha em mente, que a hipertensão arterial não tem cura, porém, pode e deve ser mantida sob controle. Isto é de suma importância, pois, não sendo controlada, irá acelerar o processo de aterosclerose, causar complicações tardias no coração (angina, infarto), nos rins (perda de função renal), na retina (hemorragias, cegueira) ou no cérebro (derrames). Desta forma o próprio coração terá que trabalhar muito mais para bombear o sangue, o que levará ao seu crescimento anormal e ao surgimento de arritmias.

Uma série de pequenos recursos permitem controlar melhor a doença. É importante lembrar que a pressão alta é para toda vida exigindo a continuidade no tratamento. Em outras palavras, não se pode parar de tomar os remédios. É preciso manter-se vinculado a um médico que vá fazer o acompanhamento necessário. É preciso não esquecer que o sal é o grande vilão deste quadro. Muitos alimentos já vêm com grande teor de sal, como molhos de soja, carnes defumadas, enlatados, conservas e tantos outros. Além disto, o controle do peso é de fundamental importância. É preciso lembrar novamente que também os gordos têm muito menos chance de conseguirem controlar sua hipertensão arterial. O uso excessivo de álcool é responsável por cerca de 10 % dos casos de pressão alta.

Alguns cuidados básicos e de fácil execução são fundamentais para mantermos a pressão arterial sob controle: Assim, uma alimentação adequada irá ajudar muito na manutenção de uma pressão arterial aceitável. Deve-se dar preferência à carne de aves e peixes. Deve-se evitar consumir a gordura da carne. Deve-se dar preferência aos alimentos grelhados ou preparados no vapor. Deve-se consumir verduras de folha, leite desnatado, queijos magros e iogurtes desnatados.

É importante lembrar que a prática de exercícios regulares também leva a uma redução do peso corporal, auxiliando no controle da hipertensão arterial.

Além disto, em caso de dúvidas, sempre se deve recorrer a uma avaliação médica.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome