Um poema aos pais

O Pai é mais velho,
enquanto o filho é mais novo.
Pai velho já foi filho novo, vigoroso
e cheio de ideais e de idéias .
O pai velho será cada vez mais velho
e um dia deixará de ser velho
para ser eterna memória.

O pai velho e o filho novo
não  deveriam discutir,
mas trocar idéias e opiniões.
O filho que ainda é novo e rebelde,
um dia também poderá ser
mais velho , sereno e compreensivo.
O pai velho, experiente e vivido
gosta de dar depoimentos
da experiência de vida.

O filho novo, ainda impaciente,
pode e deve ouvir as opiniões do pai velho.
O pai velho torna-se mais feliz
ao poder relatar sua experiência de vida.
O filho quando já mais  sereno,
pode ouvir o pai velho, sem discutir.
Pode apenas ouvir…

O pai velho sabe como é bom ainda ser ouvido,
mesmo sabendo, que
o filho novo pode dizer muito obrigado,
para depois seguir seu próprio caminho.
O pai velho sabe que  o  filho novo
um dia também será velho, sereno e compreensivo,
pois é desta forma
que o ciclo da vida tem continuidade…

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome