Comissão em prol do HSSM

Na segunda-feira, 30, a partir das 10h, será instituída, oficialmente, a Comissão de Análise Econômica e Financeira (CAEF), que será criada para analisar e buscar caminhos para reverter o cenário financeiro do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM). Já chega a R$ 18 milhões a dívida do hospital.

No encontro, na próxima semana, o presidente do HSSM, Luciano Spies e o prefeito Giovane Wickert querem apresentar os caminhos que irão ser tomados imediatamente para garantir a saúde financeira da casa de saúde.

Pela assessoria de imprensa da Prefeitura, Wickert disse que o momento é de agir a curto prazo com medidas que ajudem o hospital a conseguir um melhor fluxo de caixa e garantir medidas que, a médio prazo, tenham resultados que consigam devolver a administrabilidade financeira. “O hospital não é administrado pela Prefeitura, mas somos parceiros e os maiores interessados em manter o trabalho ofertando atendimento de qualidade à comunidade, tanto de Venâncio quanto da microrregião atendida pelo HSSM”, disse Wickert.

Dinheiro na conta
Passados os dias de apreensão, nesta quinta-feira, 26, enfim, os funcionários do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) receberam o que faltava do salário de agosto. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Santa Cruz do Sul e Região (Sindisaúde). Eram 40% – R$ 400 mil totais – que deveriam ter sido depositados até o quinto dia útil de setembro.

Mesmo sem cogitar paralisar os serviços, alguns funcionários protestaram, em frente ao HSSM, no fim da tarde de segunda, 23. A direção da casa de saúde disse que vai chamar os funcionários para uma reunião, para explicar a situação. Isso porque, para a virada do mês, não há garantias de que o salário de setembro seja quitado dentro do prazo no início de outubro.

Pronaf para construir a casa do produtor rural
Durante seminário que participei nesta semana, em Bento Gonçalves, o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo Fernando Schwanke revelou que um dos projetos que mais se orgulha enquanto secretário é a inclusão da construção e reforma de casas rurais dos pequenos agricultores nos financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Medida inédita, esta era uma demanda antiga dos sindicatos e federações rurais e que foi articulada e defendida por Schwanke junto ao governo federal.

Segundo ele, R$ 500 milhões foram direcionados para esse programa e em dois meses já foram financiados R$ 40 milhões. “R$ 500 milhões significam 10 mil novas casas para os produtores rurais.”

Os recursos específicos para imóveis rurais foram uma das novidades do Plano Safra 2019/2020 para a agricultura familiar, anunciado em junho. O limite é de R$ 50 mil para construção ou reforma de um imóvel rural.

>> LEIA MAIS: Ministério da Agricultura quer fortalecer as cooperativas de crédito

Mudas de erva-mate
Desde 1905, ano da sua criação, o Rotary Internacional é considerado um dos maiores responsáveis pela preservação do meio ambiente. Seus mais de 1,25 milhão de associados atuam em defesa de florestas, mananciais de água e contra qualquer tipo de agressão ao meio ambiente. Por isso, em homenagem ao Dia Mundial da Árvore (21 de setembro), integrantes do Rotary Clube Venâncio Aires plantaram três mudas de erva-mate no pórtico de entrada do município.

Segundo o professor João Moacir Laufer Ferreira, atual presidente da entidade, o plantio destas mudas da árvore símbolo da Capital Nacional do Chimarrão é uma homenagem a tudo o que se faz em prol do meio ambiente, uma das bandeiras defendidas por este centenário clube de serviço.

 


LDO 2020 – Venâncio vai realizar audiência pública para apresentação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, a LDO 2020. O evento ocorrerá dia 15 de outubro, às 14h, na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito.


 

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome