Flexibilização das máscaras

Diversas cidades brasileiras, inclusive gaúchas, já anunciaram a flexibilização do uso de máscaras de proteção contra a Covid-19. Na região, o assunto entrou na pauta da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) na última sexta-feira, 11, e os prefeitos decidiram manter as mesmas regras, por enquanto.
A expectativa, conforme o prefeito de Venâncio Aires, Jarbas da Rosa, que participou da reunião, é de que nesta semana o Governo do Estado anuncie mudanças em protocolos. “É o momento de discutir esta flexibilização, pois os casos diminuíram bastante e podemos pensar, inicialmente, em uma flexibilização em ambientes abertos e, num segundo momento, nos ambientes fechados”, disse o chefe do Executivo.
Caso o Estado não anuncie nenhuma alteração, Jarbas disse que o assunto será levado para discussão, na próxima reunião do Centro de Operações de Emergência (COE) de Venâncio Aires, que é o grupo de trabalho local que trata sobre os protocolos que envolvem a pandemia.
Até essa segunda-feira, 14, pelo menos dez estados brasileiros e o Distrito Federal já flexibilizaram as regras de uso de máscaras.

Casos de Covid

A Prefeitura de Venâncio Aires informou nessa segunda-feira, 14, que, a partir desta semana os boletins que informam o número de casos de Covid-19 na Capital do Chimarrão serão informados duas vezes na semana: segundas e quintas-feiras.
Desde 2020, a Prefeitura divulga à imprensa regional a situação epidemiológica do município. Transparência que foi muito importante para que pudéssemos acompanhar a evolução da doença, os picos e quedas, e trazer a informação precisa sobre a pandemia.
A decisão de divulgar os casos duas vezes na semana é mais um sinal de que a pandemia vem desacelerando. Também ontem, o Município desmontou o Centro de Testagem que funcionava junto à Unidade de Saúde do bairro Gressler. Agora, os testes voltam a acontecer de forma descentralizada, em todos os postos, inclusive no interior.

Chimarródromo

Foto: Divulgação/ AI Prefeitura

Começaram as obras do chimarródromo, estrutura coberta que será erguida em frente ao ginásio de exposições, no Parque Municipal do Chimarrão. O espaço será inaugurado oficialmente durante a 16ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim), em maio.
A estrutura abrigará atrações culturais e eventos durante a Fenachim, mas também seguirá como patrimônio do Parque, após o evento. Até então, o chimarródromo era erguido com uma estrutura de lonas, que era locada especialmente para eventos.
A empresa Invicta Construtora é a responsável pelos trabalhos de instalação das estruturas metálicas e cobertura do espaço, que terá 910 metros quadrados. O investimento é de R$ 397 mil oriundos das sobras orçamentárias da Câmara de Vereadores no ano passado, quando o Legislativo era presidido por Tiago Quintana (PDT).
O prefeito de Venâncio Aires, Jarbas da Rosa (foto), esteve no Parque ontem e acompanhou os trabalhos. Segundo ele, a previsão de conclusão é de 30 dias.
Mesmo com uma fratura no pé esquerdo e usando muletas (ele teve um acidente doméstico), Jarbas disse que segue cumprindo o maior número de agendas possíveis. “As obras não podem parar”, disse ele.

Mosquitos

As queixas relacionadas aos mosquitos são constantes em Venâncio Aires. Nas rodas de conversa, lá e cá, a quantidade de mosquitos entra em pauta. Na última semana, a Capital do Chimarrão confirmou quatro casos de dengue, todos contraídos dentro do município.
Os casos reforçam as medidas preventivas, sobretudo, a revisão constante que devemos fazer em jardins e pátios, para averiguar possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue. “É imprescindível a atenção para qualquer objeto que possa acumular água. Sejam vigilantes em suas casas, terrenos e até com o pátio do vizinho”, solicita o secretário municipal de Saúde, Tiago Quintana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques