“Jovens precisam sair da zona de conforto”

(Foto: Alvaro Pegoraro)

“É importante que o jovem saia da zona de conforto e cause impacto.” A frase é do vice-presidente Mundial da JCI, o equatoriano Daniel Guarderas Donoso. Aos 38 anos, o Consultor de Negócios tem como principal missão – como cidadão ativo – a formação de novos líderes. Ele esteve em Venâncio Aires na quarta-feira, 7, quando participou de uma agenda especial preparada pelos integrantes da Organização Local. A agenda também marcou a comemoração dos 8 anos da JCI Venâncio Aires que são completados neste sábado, 10.

Na agenda de compromissos na Capital do Chimarrão, Daniel visitou veículos de comunicação. Esteve na Folha do Mate e também na Terra FM onde saboreou o chimarrão, bebida-símbolo do município e também do Rio Grande do Sul, estado que visitou pela primeira vez. Esta é a quarta vez que vem ao Brasil. A visita foi acompanhada pelo presidente subsequente da JCI local, Eduardo Wünsch e pela tesoureira nacional 2019 e ex-presidente da JCI Venâncio (gestão 2014/2015), Roberta Schenkel Gomes.

Em sua entrevista, Danoso destacou a comodidade de muitos jovens na atualidade e a importância da juventude se desacomodar e assumir desafios. “Há muitos problemas locais que, com pequenas ações, se consegue fazer a diferença”.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome