Vila Freese

Calçada que começa a ser construída, encerra a proposta da obra na Vila Freese. (Foto: Divulgação/AI Prefeitura)
Calçada que começa a ser construída, encerra a proposta da obra na Vila Freese. (Foto: Divulgação/AI Prefeitura)

Está quase! Falta pouco para os moradores da Vila Freese, no bairro Santa Tecla, terem a paisagem da vila modificada com a pavimentação e calçamento da rua Ernesto Ruppenthal.

As obras iniciaram no dia 2 de dezembro do ano passado. São 2.585,44 metros quadrados, com a construção das caixas de passagem da rede pluvial, colocação de aterro e terraplanagem, pavimento e calçadas. O custo total da obra é de R$ 420.195,02, proveniente de emenda parlamentar, indicada pelo Deputado Federal Danrlei de Deus Hinterholz.

A assessoria de imprensa da Prefeitura confirmou as obras de calçamento para os próximos dias, com a liberação da obra sem cerimonial de inauguração, em função do período eleitoral, das eleições municipais de novembro.

O presidente da Associação de Moradores da Vila Freese, Guiomar da Rosa, o Guita, disse que com a pavimentação da rua, embora tenha sido somente um trecho, muitos moradores estão sendo beneficiados sem a constante poeira que entrava nas casas. Guita diz que o fluxo de veículos aumentou muito no último ano, por causa dos novos loteamentos e ruas abertas ligando a vila a outros bairros, além de ser rota de ônibus urbano. “Nossa expectativa é que em agosto as calçadas estejam prontas, está ficando muito bonito, os nossos moradores precisavam desta obra importante”, destaca o presidente da associação.

Mesmo acamado em função de uma cirurgia, Guita diz que está satisfeito com a pavimentação que já está beneficiando os moradores. (Foto: Arquivo/Folha do Mate)
Mesmo acamado em função de uma cirurgia, Guita diz que está satisfeito com a pavimentação que já está beneficiando os moradores. (Foto: Arquivo/Folha do Mate)

Loteamento Muller

Não bastasse estarem paradas as atividades das associações de moradores , ladrões furtaram pertences da Associação de Moradores do Loteamento Muller. “Limparam o lugar”, disse decepcionado o presidente Yé, com quem conversei nesta semana. Materiais da cozinha, da copa, e outros pertences foram levados. “Não sobrou nenhum prato”. Para Anderson Luciano Reis a iniciativa é reorganizar o local. A sede da associação fica atrás da igreja do bairro Santa Tecla. Cargas de aterro já estão sendo colocadas e o projeto para os próximos anos é construir uma nova sede. “Vamos ir atrás disso”, falou Anderson ao confirmar a vontade de reativas o espaço para a comunidade.

Edições especiais

A Folha do Mate vai retomar, a exemplo de outros anos, a série de edições especiais, com notícias, informações,entrevistas e histórias de 24 bairros de Venâncio Aires. A proposta terá a primeira publicação no dia 30 de julho com envolvimento dos bairros Macedo, Brands, Industrial e Universitário.

O foco da proposta é ‘Meu bairro, minha história’, na busca de trazer por meio das entrevistas o dia a dia dos moradores, a construção de família, trabalho, valores, lazer e outras atividades que norteiem a vida de quem escolheu aquele lugar para morar. Até dezembro, as edições apresentarão os bairros em uma publicação mensal, incluindo as empresas, indústrias e prestadores de serviço, que escolheram estes espaços geográficos do município para instalar seus empreendimentos.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome