Aperta o botão do elevador

E o Guarani segue sem vencer no returno da Divisão de Acesso. Agora são quatro derrotas seguidas. A sorte do Guarani foram aquelas duas vitórias no primeiro turno contra o Pelotas e o São Gabriel dentro do Edmundo Feix que proporcionaram o Guarani pegar o elevador para subir na tabela. Até então estava tudo a mil maravilhas. Só que o mesmo Guarani esqueceu de descer do elevador no andar que pretendia. O elevador fechou a porta e nessa descida não parou mais e o Guarani está lá dentro. No andar mais abaixo está apenas o São Paulo, de Rio Grande, que no fim de semana somou um ponto. Guarani com nove e o São Paulo com sete passa a ser o novo campeonato de ambos que buscam fugir do rebaixamento.
O Guarani que faça o jeito nesta semana que passa a ser decisiva. Voltar a pontuar é necessário para dar aquela moral necessária e ‘tranquilidade’ para a decisão que terá no sábado, 4 de junho, no Aldo Dapuzzo. Só que pela frente o Guarani terá o Avenida nesta quarta-feira que diante dessa série de péssimos resultados do Rubro-negro, quer mesmo é se aproveitar do momento para pontuar e seguir firme no caminho da classificação dentro do G4. Pensar que o Grupo B tem quatro equipes dos Vales Rio Pardo e Taquari. A tendência é três deles avançarem e somente o Guarani ficar de fora. Até não classificar é menos relevante que por ventura cair. Triste realidade.

TOMA LÁ, DÁ CÁ

No Edmundo Feix é preciso dar uma sacudida, se fazer algo para reagir pois do jeito que está não pode ficar. Ou ajeita a casa ou vai desandar porque o fantasma do descenso está bem próximo. Não adianta ficar convocando o torcedor e dentro das quatro linhas não fazer o jeito. O torcedor vai passar a acreditar na hora em que a equipe reagir. Sempre foi assim e agora não é diferente.

Especulações dão conta que no Guarani jogadores como Alexandre Gaúcho e Gregory treinam em separado e dificilmente receberão mais alguma chance neste returno da Divisão de Acesso.

Imaginem só o que o São Paulo, de Rio Grande, não deve ‘armar’ para o jogo diante do Guarani no fim de semana. Lá está o técnico e motivador Rodrigo Bandeira aguardando como poucos enfrentar um dos seus ex-clubes.

Caiu no fim de semana o último invicto na Divisão de Acesso. O Santa Cruz levou 4 a 1 do Lajeadense, fora de casa. Galo vai agora no confronto direto contra o Pelotas decidir a primeira colocação.

No futsal da região, Santa Cruz e Agudo, nesta quarta-feira, 1º de junho, irão disputar o primeiro jogo das finais da Taça Farroupilha Região Centro. O campeão será conhecido no dia 8, no jogo de volta, em Santa Cruz do Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques