Marcação forte do adversário e erros na finalização decretam derrota da Assoeva

Maninho deixa a quadra em Seberi cabisbaixo pela derrota da Assoeva. Foto: Rui Borgmann

A Assoeva enfrentou no último sábado o melhor adversário da temporada, tratando-se de Série Ouro e Copa RS. A Afucs, de Seberi, fez uma grande exibição e goleou o time amarelo por 5 x 1 no jogo de ida da Copa RS. O campeão leva uma vaga na Copa do Brasil e embolsa a quantia de R$ 7 mil como prêmio. Hoje à noite, no Parque do Chimarrão, será preciso encontrar uma forma de reverter o resultado e levar a partida à prorrogação.

Na defensiva

No Ginásio Julião, o time amarelo encontrou muitas dificuldades, principalmente para sair da marcação adiantada do adversário. Levou 1 x 0, ficou pendurado com cinco faltas e precisou abdicar de jogar por cerca de três minutos com o goleiro-linha, com a intenção de ir ao vestiário sem sofrer mais gols. Mateus Torres e Dill trocaram passes no campo de defesa sob vaias do torcedor.

Erros de finalização

O segundo tempo foi diferente e a Assoeva só não empatou e virou pelos erros individuais na finalização. Tuiú e Maninho perderam oportunidades incríveis praticamente sem goleiro. Saraiva ficou à frente de Hugo que defendeu e pelo menos outras cinco bolas ficaram na trave. Por fim, o adversário se aproveitou do desespero da Assoeva, acabou ampliando e decretando a goleada.

Copa do Mundo

O adversário entrou em quadra sabendo que teria de jogar como uma “Copa do Mundo” para vencer e levar a vantagem do empate nesta terça-feira em Venâncio. Os atletas deram o seu máximo e a Assoeva ficou aquém do que pode apresentar.

Reforços

Os retornos de Marcelo Giba e Boni certamente darão mais consistência e experiência à Assoeva, que vai precisar contar com a habilidade de Dill e Mateus Torres, que estiveram abaixo pela marcação cerrada do adversário.

Apito

Houve reclamação sobre a arbitragem, principalmente pelo número excessivo de faltas, porém algum possível deslize dos homens de preto não interferiu no resultado. Seberi jogou mais e mereceu sair em vantagem. É preciso reconhecer.

 

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome