Rivalidade Gre-Nal

O jornalista Geferson Kern descreveu a concorrência Gre-Nal como nenhum outro ser fez menção em mais de cem anos de história do clássico. Relacionou-o com o show da banda Metallica, que estava marcado para o dia 21 de abril, na Arena, mesmo dia que o Grêmio atua pela Libertadores. O show corre o risco de ser cancelado por resistência e rivalidade que foge da alçada de qualquer ser comum. Se não leu, faça isso na coluna Alto e Bom Som online ou no impresso da Folha do Mate do último sábado.

O maior do mundo
Alguns intitulam o Gre-Nal como o maior clássico do mundo. Tem suas peculiaridades e características do nosso Estado, da bravura das equipes e de mobilização da imprensa e dos torcedores. Na gangorra Gre-Nal, o Tricolor tomou conta nos últimos anos. O Colorado tem se reestruturado desde a chegada de Coudet. No Grêmio, Renatão tem a missão de sempre provar a sua longevidade em alto estilo, ainda mais contra o maior rival. Palpite para hoje: 1 x 1.

Sem acordo
Estão praticamente definidas as competições gaúchas no futsal de 2020. A Assoeva deve se manter na Série Ouro sem a presença de Atlântico e ACBF, que disputam a Liga Gaúcha, como ocorreu no ano passado. Havia a expectativa para que as duas entidades se unissem, mas parece que os rumos devem seguir da mesma forma como foi em 2019.

Destino
Há exatamente 20 anos, no dia 12 de março de 2000, conheci a pessoa que ajudou a organizar a minha vida, a me dar força para alcançar a formação profissional, a me amparar nos momentos mais difíceis, a construir uma vida de muitos amigos e me dar uma filha que colore as nossas vidas todos os dias. Não sei se acredito em alma gêmea, mas creio no amor, no respeito e na confiança. Obrigado por tudo, minha querida Lu, por me fazer feliz!

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome