Time jovem e com velocidade

O Guarani se apresenta na manhã desta terça-feira, no Estádio Edmundo Feix, para mais uma temporada de futebol profissional. Pelos nomes anunciados, o Índio de 2020 terá o elenco mais jovem da era profissional. É com essa média de idade, cerca de 23 anos, que o técnico Chicão se sente à vontade para trabalhar. Em outras temporadas foi assim, quando lançou vários jovens no cenário do futebol estadual e até nacional. Com recursos reduzidos, a diretoria aposta num elenco jovem, promissor, forte e com velocidade.

Melhor em campo

Guto Klafke foi o destaque no empate por 1 x 1 do São Antônio contra o Palmeiras pelo jogo de ida de uma das semifinais da Taça da Amizade. Marcou um belo gol de falta e liderou o time, principalmente na segunda etapa do confronto. Guto se sente à vontade ao atuar no futebol amador e conhece os espaços do Edmundo Feix, onde se apresenta nesta terça-feira para mais uma temporada no profissional do Guarani.

Retorno

Ontem o Índio anunciou a contratação do goleiro João Augusto, com passagens por diversas categorias de base no Estado. Com ele o grupo fecha os três defensores da meta rubro-negra. A novidade na apresentação desta terça-feira deve ser o retorno do atacante Marreta, artilheiro da equipe de juniores de 2014 e autor do último gol do estádio Olímpico Monumental.

Um minuto

# Guarani começa trabalhos esta manhã no Edmundo Feix. Elenco só deve estar completo quarta-feira, quando chegam de viagem jogadores de fora do Estado.

# Ouvi essa de um vendedor do Trilegal: “Não é só pênalti que o goleiro Rafael pega, pegou duas camionetas também”, se referindo ao prêmio que Rafael Vargas ganhou no fim de semana.

# Igrejinha mantém a base de 2019 e sonha em ir mais longe na Divisão de Acesso este ano. No ano passado o time acabou eliminado pelo Guarani do técnico Leocir Dall’Astra.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome