A culpa é do consumidor

Alceu Algayer, morador da Cidade Alta encaminhou para a Folha relato de fato acontecido na sua residência com relação ao consumo de água, que saltou de 22 para 36 mil litros de agosto para setembro, como mostrou reportagem na Folha de sábado. Ele envia nota onde relata seu descontentamento com a Corsan.

Acho muito conveniente por parte da gerência da Corsan, tirar o corpo fora de qualquer responsabilidade sobre meu consumo de água. No começo da matéria se confirmou por parte da Corsan que não havia vazamentos no meu sistema, e que a mesma não podia adentrar na minha propriedade para vistoriar possíveis vazamentos. Na sequência afirmaram com 100% de certeza, que havia vazamentos na minha residência.

Há de se fazer uma reflexão sobre isso: Julgam-me incapaz, portanto, de fazer uma verificação no meu sistema. Devem me julgar um imbecil, pelo fato de pagar contas absurdas e não procurar um motivo. Pois tenho a dizer à administração da Corsan, que tenho que trabalhar, e muito, para conseguir manter minhas contas em dia, e de forma alguma não procuraria o motivo de um consumo tão alto. Mas como é bem conveniente para os senhores, não admitir que um sistema cheio de ar influencie o consumo de uma residência, o mais fácil realmente é pôr a culpa no consumidor, eximindo-se de qualquer responsabilidade, haja vista receber por um serviço não prestado.

E para terminar, lamento muito que nós consumidores temos que nos submeter a esse tipo de serviço ineficaz, e não termos a quem recorrer, pois me parece que nada vai ser feito em nosso benefício”, encerra a nota.

Existe muito descontentamento com a falta de água na Cidade Alta e arredores. Nos finais de semana dificilmente tem água na rede. Sei porque moro na região. E o temor maior dos moradores é pelo fato de estar chegando o verão, quando a situação se agrava ainda mais. Se existe um Gabinete de Gestão Compartilhada entre Corsan e Prefeitura, é hora do prefeito Giovane assumir posição e tomar providências.

 

Notinhas

* A Lei de Diretrizes Orçamentárias que aponta o orçamento do Município mostra que em 2020 será de R$ 297 milhões. O Legislativo pode ter até 7% do orçamento. A parcela da Câmara será na casa dos 3%. O valor sobe dos R$ 6.820 milhões de 2019 para R$ 7.490 milhões em 2020. Um aumento de quase 10%. Em 2019 já está sobrando R$ 1 milhão no orçamento da Câmara, conforme divulga o presidente Eduardo Kappel (PL). Para 2020 terão mais R$ 670 mil. E na Prefeitura o orçamento já vem com déficit de R$ 14 milhões.

* O deputado estadual Coronel Zucco (PSL) virá a Venâncio nesta quinta. Ele participa às 19h de reunião na Escola Municipal Cidade Nova, onde fala sobre as Escolas Cívico Militares, projeto que interessa àquela escola.

* TRE-RS anunciou na noite de segunda-feira a cassação do mandado do deputado Luís Augusto Lara (PTB), presidente da Assembleia Legislativa. Mas ele segue no cargo pois pode recorrer. O motivo apontado é abuso de poder econômico na campanha em 2018, quando teria sido favorecido pela máquina pública da Prefeitura de Bagé, comandada por Divaldo Lara, irmão de Luís e que já estava afastado do cargo. O TRE também tornou os dois inelegíveis por oito anos. Lara recorre da decisão alegando que as provas são ‘anêmicas’.

* O Chile enfrenta dias de guerra com o exército nas ruas para controlar protestos de estudantes e outros movimentos sociais. Só no metrô onde foi colocado fogo em várias plataformas os prejuízos são de US$ 300 milhões. O motivo foi o aumento de 3,75% na passagem do metrô, que não subia desde 2010, além do alto preço dos serviços públicos e baixos salários. O presidente Sebastian Piñera acusa o Foro de São Paulo, movimento mundial da esquerda de estar insuflando movimentos populares contra os governos em todos os países na América Latina. Uma ação orquestrada para transformar todos numa Venezuela, instalar o caos para retomar o poder, perdido pelos anos de corrupção. Teoria da conspiração? Pode ser. Mas não é de todo absurdo.

* O Jornal do Povo de ontem destaca que o deputado Marlon Santos (PDT) trouxe R$ 7 milhões de emendas para Cachoeira do Sul em 2019. Quase tudo para o hospital. Marlon foi prefeito de Cachoeira e depois deputado estadual antes de se eleger federal. E ele está de saída do PDT, onde foi submetido a processo disciplinar por ter votado pela Reforma da Previdência.

* Hoje o Grêmio decide vaga para a final da Libertadores com o Flamengo no Maracanã. Na Arena foi 1×1. Um 0x0 classifica o Flamengo. 1X1 leva às penalidades. 2X2 ou mais, classifica o Grêmio.

Do Twitter

* Veja: Justiça manda governo adotar medidas de proteção contra óleo em PE e AL.

* Folha S. Paulo: Mourão anuncia reforço do Exército para combate a manchas de óleo.

* Exame: Não há crise nenhuma com o PSL, inventaram isso, diz Bolsonaro.

* IstoÉ: Deltan Dallagnol abre mão de promoção para ficar na Lava Jato.

* Estadão: Maia sugere acelerar reforma que mexe no ‘RH do Estado’ com textos que já estão na Câmara.

* Exame: Não se faz candidatura na esquerda sem o PT, diz Camilo no Ceará em crítica a Ciro.

* Rossano Gonçalves: O que esperar de um Congresso Nacional composto por lobistas, atores, palhaços, raposas velhas, caronistas, filhotes de ONG’s e grandes grupos? Nada. São poucos os parlamentares que representam os brasileiros.

* Luiz Felipe Pondé: Conservador não é gente que quer que pobre se ferre, é gente que acha que pobre só para de se ferrar quando vive em uma sociedade de mercado que gera emprego. Não existe partido liberal-conservative no Brasil, só fanáticos e corruptos de esquerda e direita.

* Bolsonaro: Só no Paraná, já foram apreendidos nos primeiros seis meses do Projeto Vigia 18,7 milhões de maços de cigarros, 145 veículos, 50 embarcações e 3,6 toneladas de drogas – Ministério da Justiça. Com a ajuda de todos os Poderes e da população, podemos muito mais!

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome