As ‘caminhadas’ pelos bairros

Sem poder fazer comícios em tempos de pandemia de coronavírus, as duas frentes políticas estabelecidas na eleição de Venâncio fazem ‘caminhadas’ pelos bairros, onde as duas candidaturas a prefeito e vice e os candidatos à vereador percorrem bairros e vilas, para um contato direto com o eleitor, respeitando o distanciamento, mas é o ‘olho no olho’ com o eleito,r que pode garantir ou mudar votos.
O prefeito Giovane Wickert (PSB) e o vice Celso Krämer (PTB), em desvantagem de 24,5 pontos percentuais na intenção de voto na largada da campanha, na primeira semana de outubro, como mostrou a pesquisa Methodus feita para a Folha e Terra, se mobilizam para buscar o contato direto com os moradores. O médico e ex-vereador Jarbas da Rosa (PDT) e a sua vice, vereadora Izaura Landim (MDB), em vantagem mostrada pela pesquisa, também mobilizam sua equipe em visitas aos bairros e vilas.
É um modelo já adotado em outras campanhas, e que é possível manter nesta, de tantas limitações em função do coronavírus, doença contagiosa que ainda não tem vacina nem medicamento especifico para tratamento.
Penso que estas ‘caminhadas’ também podem ser levadas para o interior, nas sedes distritais para este contato direto com os eleitores, para falar de propostas e buscar o voto ‘olho no olho’.

Giovane e Celso no contato direto com morador no Loteamento Tabalar. (Foto: AI/Giovane)
Jarbas conversa com moradora no bairro Cidade Nova. (Foto: AI/Jarbas)

Os candidatos na Caciva

Os candidatos a prefeito e vice, Giovane Wickert (PSB) e Celso Krämer (PTB), Jarbas da Rosa (PDT) e Izaura Landim (MDB) são convidados da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Venâncio Aires (Caciva), presidida por Vilmar de Oliveira. Na terça-feira, 27 de outubro, na AABB, uma chapa fala das 18h10min até 18h40min e a outra das 18h50min até 19h30min, sobre suas propostas para comércio, indústria e serviços, além de projetos de desenvolvimento para Venâncio Aires nos próximos quatro anos.
A participação será exclusiva de empresários associados da Caciva, em número limitado e um por empresa, seguindo protocolo sanitário de uso de máscara durante o evento.
Boa oportunidade para a classe empresarial saber mais sobre o que pensam Jarbas e Izaura, Giovane e Celso, e questionar os candidatos. Para os candidatos uma ótima oportunidade de falar com a classe empresarial.

Investimentos nas rodovias

No feriadão estive em Santa Catarina, visitando Floripa. Chama atenção as obras complementares que estão sendo feitas pela concessionária CCR, que assumiu a BR-101 em SC e no RS. Viadutos para passagem de pedestres, vias laterais, escoamento de águas laterais, estão sendo feitos em vários trechos. O pedágio é de R$ 4,60. A empresa também assumiu a Free Way e faz obras de melhoria de mobilidade e acesso à via expressa que liga Porto Alegre e o litoral norte gaúcho.
Fundada em 1999 a CCR tem atuação nos segmentos de concessão de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos e serviços em SP, RJ, MG, POR, MT, SC e RS, onde é CCR ViaSul. Se for esta a empresa que vai arrematar a concessão da RSC-287 em dezembro, teremos bom serviço.
Empresa nacional, a CCR é composta pelos Grupos Andrade Gutierrez (14,86%), Grupo Mover (14,86%), Grupo Soares Penido (15,06%) e Novo Mercado da Bovespa (55,23%).

Notas

Nas cuecas
A Policia Federal fez na quarta-feira, com autorização do Ministro do STF, Luís Barroso, uma busca e apreensão em Roraima, na casa do senador Chico Rodrigues (DEM), vice-líder do governo Bolsonaro. A Polícia divulgou que foram encontrados R$ 15 mil na cueca do senador, entre as nádegas. A grande imprensa dobrou e noticiou R$ 30 mil. O ‘establishment’ pirou e atira as pedras todas em Bolsonaro, tentando incriminar o Presidente pelo fato. Deprimente. O senador desviou dinheiro de emenda parlamentar destinada para combate à Covid no seu estado, conforme revelações da Policia. E Bolsonaro não protegeu Rodrigues, como acontecia antes nestas situações. Mandou dispensá-lo do cargo. E que o infrator seja punido pela lei, aquela que deveria valer para todos os brasileiros.

Lula escapa
Enquanto isso, um processo que o ex-presidente Lula responde na justiça por lavagem de dinheiro e corrupção, pela compra de imóveis com dinheiro da Odebrecht, desviado de obras públicas, foi trancado na Lava Jato pelo ministro do STF Ricardo Lewandowski. Em dezembro prescrevem estes crimes. Assim, Lula vai se ‘safando’ da roubalheira que liderou nos governos do PT, bem como descrito no livro O Chefe, do jornalista Ivo Patarra, em 2006, que detalhou o Mensalão de Lula, que foi uma ‘marolinha’, para usar uma expressão de Lula, perto do que viria a ser o Petrolão.

A grande mídia
Manchete do Estadão: Facebook e Twitter restringem matéria polêmica sobre Joe Biden, o candidato Democrata à Casa Branca. Contra Trump ‘vale tudo’ e mais um pouco. É assim lá, é assim aqui. Os que aplaudiram a soltura de Lula condenado a mais de 20 anos de cadeia por corrupção, tentam incriminar Bolsonaro pelo senador pego com dinheiro nas cuecas.

Nova pesquisa
Saiu na quinta uma pesquisa Ipespe/XP para a eleição presidencial de 2022. Bolsonaro (sem partido) segue na frente, agora com 31% das intenções de voto; Fernando Haddad (PT) tem 14%; Sergio Moro (sem partido) 11%; Ciro Gomes (PDT) 10%; Luciano Huck (sem partido) 5%; João Amoêdo (Novo) 3%; Luiz Henrique Mandetta (DEM) 3%; João Doria (PSDB) 3%.
Bolsonaro venceria todas as simulações de segundo turno, mas agora aparece empatado tecnicamente com Sergio Moro.

Esportivas

* A Assoeva levou 3×1 do desconhecido Dois Vizinhos, do sudoeste do Paraná, pela Copa Brasil de Futsal quarta no Poliesportivo. Agora o time amarelo inicia uma excursão de quatro jogos. Neste domingo em Tubarão, na terça em Jaraguá e no sábado, dia 24, Joaçaba, todos em Santa Catarina, pela Liga. No dia 26 no Paraná contra o Dois Vizinhos tem o jogo de volta pela Copa do Brasil. Viagem que vai definir rumos da Assoeva nas competições nacionais.
* No Brasileiro a dupla foi bem na rodada. O Grêmio fez 3×1 no Botafogo, na Arena. O Inter fez 5×3 no Sport, no Recife. O Inter, com 31 pontos, voltou à vice-liderança, empatado em pontos com o líder Atlético MG e o 3º colocado Flamengo. O Grêmio é 11º com 20 pontos.
* Na rodada do final de semana o Grêmio joga no Morumbi contra o São Paulo, hoje às 21h. O Inter domingo, às 18h15min, no Beira Rio contra o Vasco..

Do Twitter

* Folha S. Paulo: Por disputa ao Planalto, Doria aposta em guerra da vacina e na economia contra Bolsonaro
* Gazeta do Povo: STF trava processo de Lula na Lava Jato e crimes podem prescrever em dezembro
* Estadão: Barroso decide afastar senador Chico Rodrigues por 90 dias; Senado precisa validar decisão.
* Veja: Relatório da PF diz que agentes desconfiaram de “grande volume” em shorts e que senador tinha 15 mil reais entre as nádegas
* O Globo: ‘Apenas fiz meu trabalho de trazer recursos para combater à Covid-19 ‘, diz senador de RR flagrado com dinheiro na cueca
* Crusoé: STF confirma ordem de prisão de André do Rap e impede solturas automáticas
* Estadão: Polícia procura 21 criminosos soltos por decisões do ministro Marco Aurélio
* Mario Sabino: O vice-líder do governo Bolsonaro deu um novo sentido à lavagem de dinheiro.
* Luiz Henrique Mandetta: O PT diz ‘vote em mim ou Bolsonaro fica’. Bolsonaro diz ‘vote em mim ou o PT volta’. E eles se alimentam. Eles querem levar a sociedade para esse tudo ou nada
* Sergio Moro: O debate sobre a soltura do traficante deveria incentivar a votação de boas propostas no Congresso, como a que prevê a volta da prisão decorrente da condenação em segunda instância e a que propõe a revogação do parágrafo único do art. 316 do CPP
* Cristian deves: Você pode ser socialista/comunista e defender a liberdade de expressão e o livre arbítrio de ir e vir. Desde que vc viva em um País capitalista e democrático.
* Fabrício Haas: Eu não aguento mais esse papo de PIX!

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome