Ciclo de debates Gente & Negócios

A revista Perfil Socioeconômico, que a Folha do Mate publica anualmente, desde 2009, trazendo uma radiografia econômica, mostrando a infraestrutura e as oportunidades em Venâncio Aires e nos municípios da microrregião, Mato Leitão, Passo do Sobrado e Vale Verde, virá com inovação para o novo ciclo que inicia. A revista será precedida por painéis de debates sobre a economia local, pela rádio Terra FM e plataformas digitais da Folha e Terra. Estão programados cinco painéis, em julho, agosto, setembro, outubro e novembro, culminando com o lançamento da revista no quinto painel, em 30 de novembro.
Os temas definidos para os debates terão participação de lideranças políticas, empresariais e profissionais.

Os temas
• 27/07: Qualificação profissional – Vai tratar sobre o que temos de formação profissional, as necessidades do mercado e como atendê-lo.
• 31/08: Polo de Proteína e cooperativismo – Vai tratar do desenvolvimento do polo de proteína animal, sua cadeia produtiva e a presença das cooperativas
• 28/09: Indústria 4.0 – Vai tratar da nossa indústria, inovação industrial e tecnologia
• 26/10: Tabaco: relevância social e econômica – Vai tratar do principal produto de economia local e regional
• 30/11: Parcerias público-privadas e eficiência em gestão. Infraestrutura para o campo e a cidade: estradas, água e energia – Vai tratar da infraestrutura existente, suas carências, como dar soluções e ações público/privadas.
A Folha e a Terra, através desta proposta, convocam a comunidade a debater o presente e o futuro, mostrar nossas forças e debater nossas fraquezas, apontando caminhos, soluções e oportunidades.
Fique atento às páginas da Folha, aos programas da Terra e as plataformas digitais dos dois veículos para acompanhar e participar do Gente & Negócios.

Notinhas

* Governador Eduardo Leite (PSDB) esteve terça em Santa Cruz onde assinou o contrato de concessão do trecho de 204 km da RSC-287, entre Tabaí e Santa Maria com a empresa Rota Santa Maria, do grupo espanhol Sacyr, que arrematou a concessão da rodovia, por 30 anos, em leilão. O contrato prevê a duplicação do trecho Tabaí – Santa Cruz até o sexto ano. Isso é 2027. E toda extensão da rodovia em até 20 anos.

* O prefeito Jarbas da Rosa (PDT) também esteve lá e tem o deputado estadual Edson Brum (MDB), secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, como grande aliado. “Foi o Brum que destrancou o dinheiro do Daer para ao asfalto de Sapé”, me disse Jarbas logo depois do dinheiro ser liberado pelo governo. O MDB é governo em Venâncio com a vice-prefeita Izaura Bergmann Landim.

* O ex-prefeito Giovane Wickert (PSB), secretário estadual Adjunto de Obras e Habitação, também esteve com a comitiva do governador Eduardo Leite (PSDB) em Santa Cruz. Giovane falou com Leite sobre o asfalto de ERS-244, trecho de 16 km entre Venâncio e Vale Verde.

* O ex-prefeito Airton Artus (PDT) não esteve lá na terça, mas lembra sua participação no movimento Duplica 287, junto com Vilmar Oliveira, hoje presidente da Caciva, que começou faz dez anos, liderado por Flávio Haas, dirigente regional da Fiergs e da Assemp, Lucas Rubinger, da ACI de Santa Cruz, e outras lideranças.

* Airton esteve nessa semana aqui na Folha e Terra, em visita como pré-candidato a deputado estadual em 2022. Artus lembrou que em 2018 fez 35% dos votos válidos em Venâncio (13.308) de 38 mil votantes. Disse que tem um levantamento apontando que em 2022 pode chegar até 53% dos votos válidos, que ele calcula passem dos 40 mil, o que lhe daria mais de 20 mil votos em Venâncio.

* A conta do ex-presidente Lula no Twitter agora está ‘protegida’. Só vê o que ele posta o seguidor que for autorizado por ele. Bem democrático. Mas faz sentido. Nas redes sociais tenho visto ‘lulistas’ testando o ‘eu voto no Lula e você?. A imensa maioria das respostas são uma enxurrada de impropérios.

* Presidente Bolsonaro, que sempre foi polêmico na sua vida pública, vem com mais uma. Ele defende o voto impresso como garantia de não ter fraude na eleição. E diz que na próxima semana vai apresentar provas de que houve fraude nas eleições de 2014 e 2018. “Em 2014 o Aécio ganhou nas urnas e em 2018 eu ganhei no primeiro turno”, afirma Bolsonaro. O próprio Aécio Neves (PSDB) diz que não acredita em fraude. Aécio largou com 62% contra 32% de Dilma e no final deu Dilma com 52% e Aécio com 48%, na mais apertada disputa de eleição presidencial depois de redemocratização.

Do Twitter

* Folha S. Paulo: Centrais sindicais e partidos convocam para protestos contra Bolsonaro neste sábado
* UOL: Nas redes sociais, Bolsonaro reitera que vetará aumento do fundão eleitoral
* Folha S. Paulo: Base de Bolsonaro tenta redução no fundo para R$ 4 bilhões como saída para evitar briga com centrão
* Estadão: Bolsonaro diz que aprovaria fundo eleitoral se custo fosse de R$ 3 bilhões
* CNN: Jair Bolsonaro afirmou que deverá apresentar “provas de fraude” nas eleições “na semana que vem”
* O Globo: Bolsonaro sobre candidato de terceira via para as eleições de 2022: “Isso não vai dar certo, não vai agregar, não vai atrair a simpatia da população, não existe 3ª via”
* Eduardo Leite: Ninguém chuta cachorro morto. Se não existe 3º via, não sei porque Lula e Bolsonaro estão se preocupando. Depois do tanto que já nos foi roubado, querem agora roubar a nossa esperança
* Hentrique Mandetta: Bolsonaro e Lula querem te convencer de que não existe terceira via. Eles precisam um do outro e estão com medo. Um terço dos brasileiros rejeita esse pesadelo e tem esperança em um futuro de respeito, diálogo, união e seriedade no combate à corrupção
* Lasier Martins: Em 2019, o STF acabou com um dos instrumentos contra a impunidade. Ao decidir pelo fim da prisão após condenação em segunda instância, ministros atenderam o desejo de Lula, que estava preso e, ao mesmo tempo, abriram as grades para muitos criminosos de colarinho branco
* Fernando Schuller: Não vejo o voto impresso como prioridade, mas sua proposição é perfeitamente legítima. A decisão cabe ao Congresso, não o TSE. À justiça eleitoral cabe implementar o que for decidido pelo Congresso, e não se colocar ativamente no debate político, defendendo esta ou aquela posição

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques