E o Carnaval de Rua foi sucesso

Os desfiles do Carnaval de Rua de Venâncio ganham contorno regional, na medida em que cidades próximas, como Lajeado, Santa Cruz e Taquari não tiveram desfiles de rua, e muitas pessoas destas cidades, que gostam de carnaval, vieram para a Capital do Chimarrão. As duas noites mostraram muita organização, a participação de cinco escolas de Venâncio e um público composto por famílias que vão até a Osvaldo Aranha.

Na coluna de sábado destaquei a criatividade do prefeito Giovane Wickert (PSB) na busca de recursos para realizar o Carnaval de Rua. Conseguiu uma emenda parlamentar para evento cultural de R$ 100 mil da deputada Maria do Rosário (PT) com contra partida R$ 20 mil, mais R$ 154 mil da Souza Cruz pela Lei de Incentivo a Cultura (LIC), para custear a realização dos desfiles e ainda ajudar as escolas de samba, com R$ 30 mil cada uma.

Revendo o desfile, que foi transmitido ao vivo pela Sultel pelo Facebook para a Terra FM e Folha do Mate, me lembrei de outro marco importante do nosso Carnaval. A organização, separando a pista de desfile do público, com grades. Essa inovação aconteceu no primeiro governo do prefeito Airton Artus (PDT), quando Giovane era vice. A medida, que segue até hoje, terminou com a bagunça que era o Carnaval, com a invasão da rua pelo público até durante os desfiles.

Airton e Giovane mudaram o nosso Carnaval de Rua pra melhor. A César o que é de César.

 

Jarbas na Avenida

Político que chamou atenção no Carnaval de Rua foi Jarbas da Rosa, nome definido pelo PDT para concorrer a prefeito novamente. Ele já desfilou na Malandros do Ritmo no ano passado. Neste ano repetiu a dose no enredo Dança Brasil, onde apareceu de terno e faixa verde amarela no peito, ao lado da esposa Janete. Jarbas ainda aceitou mais dois convites; desfilou pelo Nego, em homenagem aos 25 anos da Porta-Bandeira Patricia, e pela estreante Imperatriz Cultural, como Mágico de Oz.

Jarbas me disse ontem que também foi nos ensaios da Fiel Tribo e da Unidos das Vilas.

Perguntei se eleito prefeito continuaria desfilando e ele me respondeu que se for convidado, sim.

 

Jarbas e Janete no Dança Brasil, da Malandros do Ritmo. (Foto: Arquivo Pessoal)
O casal com o filho no desfile da Acadêmicos do Nego. (Foto: Arquivo Pessoal)
Como Mágico de Oz na Imperatriz Cultural. (Foto: Arquivo Pessoal)

 

Senador Heinze representa Venâncio

O senador Luís Carlos Heinze (PP) esteve ontem em Venâncio. Recebido pelo presidente do partido aqui, advogado Ailto de Mello, mais Clédio Staub e Rejane Rüdiger Pastore, que integram a Executiva, ele visitou a empresa Bom Frango, em Linha Picada Mariante, depois a ervateira Elacy e estiveram aqui na Folha, onde Heinze falou de suas atividades.

Próximo do presidente Bolsonaro, Heinze tem fundamental importância para os projetos gaúchos no Planalto.

Aqui na Folha ele citou que depois de ajudar o prefeito Giovane Wickert (PSB), com quem tem uma boa relação, a incluir Venâncio Aires entre os municípios beneficiados com recursos do Programa Lixo Zero do Governo Bolsonaro, ele agora trabalha na fase dois do Programa, que é transformar lixo em energia.

Heinze esteve há poucos dias com Bolsonaro na Índia, onde viu tecnologia na área de aproveitamento do lixo. Neste final de semana acompanha o Presidente da República na posse do novo presidente de Uruguai, Luis Lacalle, no domingo.

De Venâncio Heinze foi almoçar em Agudo e seguiu para São Vicente, Santiago e outros municípios da fronteira oeste. Ele saiu de Candelária em 1967 e foi parar em São Borja onde é produtor de arroz, foi prefeito e deputado federal. É um senador que trabalha muito. Um voto que está valendo a pena.

 

Senador Heinze e dirigentes locais do PP na redação da Folha, ontem. (Foto: Alvaro Pegoraro/Folha do Mate)

 

Notinhas

* Irresponsabilidade do presidente Jair Bolsonaro enviar do seu celular – mesmo que para grupo de amigos – vídeo de apoio ao protesto que é organizado a favor do governo e contra a chantagem do Congresso, para o dia 15 de março. Bolsonaro não separa o cidadão polêmico que sempre foi, do presidente da República, que é agora. Isso é ruim. Mas é o preço que pagamos por alguém que foi escolhido para estancar a ‘roubalheira’ instalada no governo durante os mandatos de Lula e Dilma.

* Partido Democrata dos Estados Unidos realiza eleições primárias para escolher seu candidato a presidente, que vai enfrentar o presidente Donald Trump, do Republicanos, que busca reeleição. Bernie Sanders, o mais radical dos pré-candidatos Democratas, larga na frente. Sanders como presidente seria a instalação do socialismo na ‘meca’ do capitalismo. Resta saber se os americanos, os que construíam àquele país como superpotência mundial, deixarão.

* Caxias venceu o Grêmio por 1×0 na final do 1º Turno do Gauchão e está na final contra quem vencer o 2º Turno. Ou leva o caneco se conquistar o 2º Turno também. Dá gosto ver o Caxias jogar. O que Coudet quer introduzir no Inter, o estreante Rafael Lacerda faz no modesto Caxias; intensidade o tempo todo.

 

Do Twitter

* Exame: A partir de março, cartão usará cotação do dólar do dia da compra.

* Folha S. Paulo: Lula comunica à Justiça que vai à França, Suíça e Alemanha; viagem começa por Paris, onde ele receberá título de cidadão honorário.

* O Globo: Após compartilhar vídeo sobre ato contra Congresso, Bolsonaro diz que mensagens trocadas no celular são de ‘cunho pessoal’.

* Estadão: Sem verba pública, desfile de escolas de samba do Rio exalta tom crítico>

Roger Rocha Moreira: Escolas de samba financiadas pelo jogo de bicho e tráfico de drogas, protestam contra o presidente conservador. Ficou lindo.

* Alvaro Dias: Depois de ofender a atriz Regina Duarte e o coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, José de Abreu convenientemente se mudou para a Nova Zelândia. Seria uma tentativa de fugir da Justiça brasileira?

* JRGuzzo: Os deputados que chantageiam o governo para encher o bolso com bilhões roubados do contribuinte (fundo disso, fundo daquilo, verbas carimbadas, etc.) são, eles sim, uma ameaça real à democracia. Insultam a população o tempo todo. Avacalham o sistema. Jogam tudo na impunidade.

* Pompeo de Mattos: Esta atitude do Presidente Bolsonaro, com apoio de alguns deputados, não passa de ato arbitrário, diversionista e fascista. O congresso e o STF tem que dar uma pronta resposta. O Rodrigo Maia e o David Alcolumbre precisam se manifestar formalmente.

* Bolsonaro: Tenho 35Mi de seguidores em minhas mídias sociais, c/ notícias não divulgadas por parte da imprensa tradicional. No Whatsapp, algumas dezenas de amigos, onde trocamos mensagens de cunho pessoal. Qualquer ilação fora desse contexto são tentativas rasteiras de tumultuar a República.

* Mario Sabino: Estou errado ou Bernie Sanders é candidato a presidente da União dos Estados Soviéticos da América?

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome