Gauchão começa com a força do interior

O Gauchão começou literalmente quente. No calor do final de semana, o destaque foi a dupla Gre-Nal sendo derrotada logo de saída. O Grêmio pagou mico no sábado. Era estreia do time, no Olímpico, apresentando Kleber, o Gladiador etc. Levou um chocolate do Lajeadense, que venceu por 2×0. Kleber (cujo salário de R$ 500 mil paga pelo menos dois meses de folha de todo time do Lajeadense) armou um contra ataque que resultou em gol, mas do adversário, e perdeu um gol cara a cara com o goleiro. O Inter, no domingo, com time reserva, venceu o Avenida por 2×0 no primeiro tempo e levou a virada de 3 no segundo tempo.

O principal motivo das derrotas não é a parte técnica. Lajeadense e Avenida vem desde novembro ou dezembro treinando. Estão ‘na ponta dos cascos’. Inter e Grêmio estão treinando há duas semanas. No final serão os dois que vão decidir o título.

Mas na arrancada a região dos Vales foi bem. O Lajeadense pelo Vale do Taquari e o Avenida pelo Vale do Rio Pardo, derrubaram a dupla n uma rodada só. E o Santa Cruz levou 3×1 do Cruzeiro na capital. Começa mal o Galo. E nós de Venâncio, no meio do caminho, ficamos apenas assistindo. Aliás, a partir do dia 11 de fevereiro vamos começar a torcer para que o Guarani volte em 2013 para o convívio dos grandes também.

Destaques