Maldaner pra vice em ML

O secretário de Saúde de Mato Leitão, vereador Arcênio Maldaner (MDB), me conta que esteve semana passada em Brasília, acompanhado do filho Gustavo, com despesas pagas do seu bolso. No gabinete do deputado Alceu Moreira (MDB) agradeceu emendas destinadas para Mato Leitão e conseguiu uma nova emenda, de R$ 1989 mil para a área da saúde.

Maldaner tenta costurar uma nova composição majoritária na próxima eleição em Mato Leitão. Em 2016 Carlos Bohn (PSDB) se elegeu prefeito com Arly Sthör, o Flecha, (PDT) como vice, e o MDB no apoio. O partido tem dois vereadores, Elton Uhlmann e Jair Bogorny e Maldaner na Secretaria de Saúde. Agora, na reeleição de Carlos, Maldaner diz que é a vez do MDB colocar o vice para Bohn e o PDT apoiar. Decisão par o prefeito Carlos Bohn tomar. Maldaner quer concorrer a vice. Me disse que o filho Gustavo deve concorrer a vereador, junto com outros jovens do MDB, que planeja uma renovação política.

 

Notinhas

* Prefeitura de Santa Cruz realiza concurso público neste final de semana. São 24 mil pessoas inscritas para as provas para diversos cargos. É a geração concurseira, que quer viver de dinheiro público.

* De Gleisi Hoffmann, presidente do PT Nacional: Lucro do Itaú sobe 10,2%, Santander 17% e Bradesco 20%. Esse é o Brasil de Bolsonaro e Guedes, os ricos ganham mais e os mais pobres cada vez menos. Como diz o velho ditado, os bancos vão muito bem, apesar da crise econômica, ou talvez, por causa dela.

* Do Valor Econômico: Os bancos lucraram 279,9 bilhões de reais durante todo o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, contra 34,4 bilhões de reais durante mandato de seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso, ou seja, oito vezes mais.

* Façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço, ou fiz, é o lema petista de Gleisi.

* Na quarta o Papa Chico acusou Bolsonaro de criminoso, ao falar sobra a Amazônia. Ontem recebeu no Vaticano o ex-presidente Lula, condenado há 25 anos de cadeia, por roubo de dinheiro público. Papa não pode ter ideologia política. Mas Chico tem. E vai fazer mal para a igreja católica.

 

Do Twitter

* Crusoé: Sergio Moro rebate ofensas de deputado do PSol: ‘verdades precisam ser ditas’.

* RenovaBR: Após ser chamado de “capanga da milícia” peplo deputado do Psol/RJ, Glauber Braga, o ministro Moro rebateu: “O senhor não tem fatos, não tem argumentos, só tem ofensas. O senhor é um desqualificado para exercício desse cargo. […] Quem protegeu milícia foi o seu partido.”

* Sergio Moro: Não gosto deste jogopolitico. Mas verdades precisam ser ditas. No projeto de lei anticrime, propusemos que milícias fossem qualificadas expressamente como organizações criminosas. Propusemos várias outras medidas contra crime organizado. O PSOL, de Freixo/Glauber, foi contra todas elas.

* O Globo: Onyx aceita trocar a Casa Civil pelo Ministério da Cidadania

* Folha S. Paulo: Fama de disciplinado foi central para indicação de novo chefe da Casa Civil, General Braga Neto.

* Estadão: Brasil vira o maior mercado da Heineken

* Veja: WhatsApp alcança 2 bilhões de pessoas em todo o mundo

* Exame: Católicos da Amazônia prometem pressão após papa rejeitar padres casados

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome