Menos assessores e vereadores

Semana passada os vereadores Sandra Wagner (PSB) e André Puthin (MDB) falaram para a reportagem da Folha que estavam preparando a apresentação de uma proposta para reduzir de dois para um assessor para cada vereador no Legislativo. Depois do fato virar manchete e repercutir muito, com apoios e cobranças, os dois vereadores tentaram empurrar para a Folha a culpa. Sandra foi no Terra ao Meio dia falar da proposta na semana passada, no mesmo dia em que saiu na capa da Folha. Na segunda-feira, confrontados por outros vereadores, os dois ‘arregaram’. A politica não tem espaço para gente assim.

E quem se aproveitou foi Duda Kappel (PL). Ele afirmou ao jornalista da Folha, Carlos Dickow, que cobre a Câmara, que vai apresentar proposta de redução de dois para um assessor e vai ir além; Duda disse que vai apresentar projeto propondo a redução de 15 para 10 vereadores na próxima legislatura.

Duda está sendo repudiado pela atual Mesa Diretora, pois foi presidente do Legislativo no ano passado, quando poderia ter tomado a iniciativa e não tomou. Foi chamado de oportunista pelos demais vereadores.

Sobre a questão dos assessores, penso que é decisão dos vereadores tomarem. Agora sobre número de vereadores, existe legislação federal que determina o número de vereadores de acordo com a população de cada município.

 

Notinhas

* Faz duas semanas que a água da Corsan sai turva das torneiras. Uma cor amarelada.

* Prefeito Giovane Wickert anunciou ontem o advogado Claudio Soares da Silva como novo secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo. Expectativa.

* Lançamento da 20ª Expoagro Afubra está marcada para a sexta da próxima semana, 28 de fevereiro, no Parque da Expoagro, em Rincão del Rey, Rio Pardo. A programação de lançamento começa as 10h e encerra ao meio dia com almoço.

* Leitor Eldo Schuh, ali da Estância Nova, faz uma observação sobre divulgação de calendários de vacinação, ação que ele considera extremamente necessária, com uma objeção: “Vejo como um “tiro no pé” o ato de mostrar a agulha sendo “enterrada” no músculo de crianças, jovens e adultos. Tenho sérias dúvidas de que isto sendo mostrado, possa contribuir para o aumento da adesão do nosso povo a estas campanhas!”

E ele tem sua razão.

* Trabalhadores da Petrobras ampliam a greve, fomentados por sindicalistas, partidos de esquerda e grande imprensa, que querem parar a estatal. Até Lula foi dar apoio à greve. O TST julgou a greve ilegal. Quando a Petrobras foi saqueada, nos governos Lula e Dilma, nenhum trabalhador levantou a voz. Movimento ideológico. 

 

Do Twitter

* O Globo: Relatório do Fundeb deve ter ajuste para reforçar regras sobre inclusão do salário-educação.

* Estadão: Heleno diz que parlamentares ‘chantageiam’ governo; Maia chama ministro de ‘radical ideológico’

* IstoÉ: A partir de agora, o quarto andar do Planalto será ocupado apenas por ministros militares

* Estadão: Bolsonaro escolhe ex-ministro Osmar Terra (MDB) para liderança do governo na Câmara dos Deputados.

* Folha S. Paulo: Entidades de jornalismo e OAB dizem que insulto de Bolsonaro a repórter é ataque à democracia

* Veja: Bolsonaro pode sofrer impeachment por xingar repórter, diz Miguel Reale Jr

* Exame: Maior problema da democracia são “burros” no poder, diz secretário da OEA

* Fabio Ostermann: Ter partidos como PT e PSOL em uma frente parlamentar contra privilégios é como ter o NOVO na frente “em defesa do Banrisul público” ou “em defesa dos Correios”. A coisa não fecha.

* Bolsonaro: Assinado decreto que cria o ‘Programa Brasil Mais’. A iniciativa aumenta a eficiência e a produtividade das empresas brasileiras, sendo elogiado pela Confederação Nacional das Indústrias.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome