O mundo volta os olhos para o Brasil

A situação econômica do Brasil aliada a dois eventos mundiais, a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016, fazem o mundo voltar os olhos para o Brasil. E com interesses. Nesta semana saiu o anúncio da chegada da empresa norte-americana Manitowoc em Passo Fundo, onde está instalando no distrito industrial uma fábrica de guindastes com investimentos de R$ 75 milhões. Vão se fabricados guindastes de olho nas obras para a Copa e Olimpíada e a exploração do petróleo do pré-sal.

O presidente mundial da Sthil, Bertran Kandziora, confirmou ao governador Tarso Genro investimentos de R$ 518 milhões na planta industrial da empresa em São Leopoldo, onde serão criados 650 novos empregos para produzir cilindros para motores, roçadeiras e motosserras que vão abastecer as fábricas da Sthil no mundo.

O Brasil virou um campo de oportunidades.

Destaques