O quadro das sucessões na região

Faltando três meses para definir candidatos a prefeito e vereador, começam a ser intensificados os movimentos políticos nos partidos para a definição de nomes e coligações. Na microrregião o quadro está assim:

Em Venâncio Aires está definida a candidatura à reeleição do prefeito Airton Artus (PDT) e o vice Giovane Wickert (PT). A oposição ainda não definiu nomes nem se estará unida em uma candidatura ou não.

Em Mato Leitão existe um acordo entre o prefeito Carlos Bohn (PSDB) e a vice Eunice Heuser (PDT), de que nesta eleição Eunice será candidata a prefeita. Carmem Goerck (PP) e Arcênio Maldaner (PMDB) parecem ser os nomes de oposição mais fortes.

Em Vale Verde o prefeito Emir Rosa da Silva (PMDB) cumpre o segundo mandato. O vice é Walter Kapler (PDT). O PDT, depois de ser vice, quer colocar candidato a prefeito pela coligação. Mas o secretário da Saúde, Carlos Gustavo Schuh é nome do PMDB para concorrer a prefeito.

Em Passo do Sobrado o quadro também é de indefinição. Em 2004 Elto Dettenborn (PDT) elegeu-se prefeito com Caio Baierle (PT) de vice. Em 2008, Elto pretendia ir a reeleição, mas teve que abrir mão para não ‘rachar’ a coligação e Caio Baierle concorreu e se elegeu prefeito. Agora a ordem natural para seguir a coligação seria o PDT indicar novamente o nome do candidato a prefeito e Elto Dettenborn seria este nome. Mas Caio Baierle ainda não deu sinal de que concorda, e, pelo contrário, sinaliza que pretende concorrer à reeleição, o que deverá ‘rachar’ a coligação.

Muitas definições ainda precisam ser tomadas até o final de junho quando serão conhecidos os candidatos oficialmente.

Destaques