Pesquisa Methodus mostra quadro pré-eleitoral em Venâncio Aires

A Folha do Mate publica hoje a pesquisa pré-eleitoral mostrando o quadro em Venâncio Aires. O trabalho foi feito pelo Instituto Methodus, empresa que desde 2005 vem realizando pesquisas de mercado e em eleições para o jornal. Para este ano está sendo repetido o formato da eleição municipal de 2008. Uma pesquisa pré-eleitoral em abril e mais três pesquisas durante a campanha eleitoral, mostrando através de amostragem, a intenção de voto do eleitor venâncio-airense.

Nesta pesquisa foram ouvidas 400 pessoas, proporcionalmente ao censo do IBGE no centro, bairros e distritos. O eleitor foi perguntado sobre suas in tenções de voto para prefeito. Como até agora existe apenas a definição da candidatura de reeleição do prefeito Airton Artus (PDT) e seu vice Giovane Wickert (PT) foram realizadas varias simulações com nomes de partidos diferentes compondo chapas, como forma de oferecer aos partidos informações para avaliação interna e decisões sobre nomes.

 

Prefeito Airton larga em vantagem

A pesquisa mostra que o prefeito Airton Artus, candidato definido à reeleição, lidera as intenções de voto. Na espontânea, onde 76,3% dos eleitores ainda não sabem em quem vão votar, Airton tem 17,3% das intenções de voto e o ex-prefeito Almedo Dettenborn (PMDB) 3,8%. Na estimulada Airton lidera com 47,35, Almedo tem 19,8%, o vice-prefeito Giovane Wickert (PT) 14%, como principais nomes.

Nas simulações de chapas majoritárias, a chapa já definida do prefeito Airton e do vice Giovane, dispara em todas as situações. A mais baixa é de 60% com três chapas. As outras foram Almedo Dettenborn (PMDB) e Nilson Lehmen (PMDB) com 24% e Celso Kramer (PTB) e Donato Bergmann (PP) com 7,3%. Na mais alta diferença, com duas chapas, Airton e Giovane alcançaram 70,3% das intenções de voto contra 15,5% de uma simulação de chapa com Almedo Dettenborn (PMDB) e Celson Kramer (PTB).

 

Almedo tem a maior rejeição

A pesquisa também perguntou em quem o eleitor não votaria pra prefeito de jeito nenhum. O ex-prefeito Almedo Dettenborn teve o maior índice com 21,8%, seguido dos vereadores Zecão, do PMDB, com 17,3% e Celso Kraemer, do PTB, com 16,3%. Airton Artus ficou em quarto com 13,8%.

Como PMDB e PP ainda não definiram nomes internos para concorrer, a pesquisa também ouviu os eleitores e suas preferências dentro de cada partido. No PMDB o ex-prefeito Almedo Dettenborn lidera com 38,3% das intenções de voto seguido do vereador Nilson Lehmen com 20,5%. No PP, o juiz Rinez da Trindade, cuja filiação ainda é aguardada no partido, lidera com 30,3% das intenções de voto seguido da vereadora Izaura Bergmann Landim com 21%.

 

Como estava em 2008

A mesma pesquisa em 2008 mostrava quadro semelhante. O então prefeito Almedo Dettenborn liderava as intenções de voto. Na espontânea, onde 72,8% dos eleitores responderam que não sabiam em quem iriam votar, Almedo liderava a intenção de votos com 16,3% contra 3,5% do seu vice-prefeito Airton Artus e 3,2 do ex-prefeito Glauco Scherer (PTB). Na estimulada, Almedo tinha 38, 9%, Glauco Scherer 11,6% e Airton Artus 10,4% das intenções de voto.

Nas simulações de chapas o então prefeito Almedo Dettenborn (PMDB) e Milton Deves (PP) lideravam com 39,9% das intenções de voto. O então vice-prefeito Airton Artus (PDT) e Giovane Wickert (PT) apareciam em segundo com 23,3% das intenções de voto. O ex-prefeito Glauco Scherer (PTB), numa simulação com Nestor Azeredo do PSB com vice, tinha 17,3% das intenções de voto.

Na rejeição, Glauco Scherer tinha 15,6%, o prefeito Almedo Dettenborn 13,6%, Giovane Wickert 6,2% e Airton Artus 4,0%.

Estes são os números de duas pesquisas pré-eleitorais que são oferecidas pela Folha do Mate aos seus leitores e aos partidos políticos para avaliações. Na próxima semana serão divulgados mais números da pesquisa, com cruzamentos por idade, sexo, classe social, e áreas.

Destaques