Primeira Pesquisa Methodus: Jarbas 46,4% e Giovane 21,9%

É surpreendente o resultado da primeira pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Methodus, contratado pela Folha do Mate e Terra FM. Os pesquisadores foram a campo na segunda e terça desta semana, no centro bairros e distritos para ouvir eleitores e sua intenção de voto para medir a largada da campanha para a Prefeitura de Venâncio. Jarbas da Rosa (PDT) larga com 46,4% das intenções de voto contra 21,9% do prefeito Giovane Wickert (PSB), que concorre à reeleição. E 22,6% disseram ainda não saber em quem votar. A diferença pró Jarbas é de 24,5 pontos percentuais.

Confesso que esperava uma largada mais equilibrada e até com o prefeito na frente, por uma questão lógica de trabalho feito durante quatro anos.

Jarbas tem diferença maior na cidade, onde já venceu na eleição de 2016. Ele tem 48,7% das intenções de voto contra 18,1% de Giovane e 24,2% de indecisos. No interior, onde Giovane venceu em 2016 e garantiu sua vitória, agora se inverte o quadro. Jarbas larga na frente com 40,7% contra 31,4% de Giovane e 18,6% de indecisos.

Analisando o relatório da pesquisa se percebe como uma das explicações, quando foi perguntado ao eleitor sobre as suas prioridades, e a saúde é disparada a mais apontada, com 52%, vindo bem depois emprego com 17,5%, educação com 15,8% e segurança com 10,5%. A pesquisa mostra que as pessoas querem mais acesso à saúde e tem na dobradinha Jarbas da Rosa, um médico, e na vice Izaura Bergmann Landim, uma enfermeira, a expectativa maior de ver sua prioridade atendida. E eu já tinha recebido sinais do interior. Faz alguns meses, um amigo produtor rural me disse: “tu vai ver a surpresa do interior na eleição.”

Esta é a fotografia de largada de campanha. Agora teremos 40 dias de trabalho das candidaturas. Com estes números, a eleição ‘pega fogo’. A campanha de Jarbas, com seus 111 candidatos a vereador, vai inflamar com os números favoráveis. A de Giovane, com seus 88 candidatos a vereador, vai inflamar para mudar estes números. E nesta eleição com dois candidatos, cada voto que mudar tem impacto maior. Não dá pra ‘cantar’ vitória nem ‘decretar’ derrota. E a rejeição é baixa. Giovane tem 23,1% que não votariam nele de jeito nenhum e Jarbas 12,7%. Mas 50,2% dos eleitores não rejeitam nenhum dos dois candidatos.

Os candidatos inscritos em Venâncio

Com o fim do prazo para inscrições de candidaturas, está definido o quadro para a disputa da Prefeitura e das 15 cadeiras na Câmara de Vereadores de Venâncio. Jarbas da Rosa (PDT) e sua vice Izaura Landim (MDB), tem a maior coligação e o maior número de candidatos a vereador. São sete partidos na coligação e 111 candidatos ao Legislativo. O prefeito Giovane Wickert (PSB) e o vice Celso Krämer (PTB) tem seis partidos na coligação e 88 candidatos a vereador. Além deles o PT tem 9 candidatos a vereador, mas não tem candidato a prefeito. Ao todo são 208 candidatos a vereador.

Inverte-se o quadro de 2016, quando os dois disputaram a Prefeitura voto a voto, até o final, e Giovane venceu por 254 votos. Giovane e Celso tinham dez partidos na coligação e 60 candidatos a vereador. Jarbas tinha cinco partidos e 29 candidatos a vereador.

Prefeito – Jarbas da Rosa (PDT)

Vice: Izaura Landim (MDB)

Candidatos a Vereador

PDT 23

Republicanos 20

MDB 19

PSD 18

PSL 16

Cidadania 15

Total 111

Prefeito – Giovane Wickert (PSB)

Vice – Celso Krämer (PTB)

Candidatos a Vereador

PSB 23

PTB 22

PL 19

DEM 12

PSDB 6

PP 6

Total 88

PT 9

Total Geral 208

Os vereadores

Do dentista Cristian Deves: “Qual a função do Vereador? Legislar e fiscalizar o Executivo. Ponto final. Venâncio Aires tem varias Leis que ATRAPALHAM o comércio, a indústria e a construção civil. Temos vários exemplos de empresários que deixaram de investir na cidade pela complexidade e dificuldades que travam os investimentos, a chamada burocracia. Por que temos leis que ainda exigem que um prédio de moradia precisa ter garagem? Porque o investidor ou construtor não pode decidir isso? Se ele quer focar em um nicho de pessoas que não usam carro, que andam a pé, de táxi, uber ou de bicicleta? Por que se exige que as salas comerciais do centro tenham garagem? Pra cobrar multa do proprietário e deixá-lo irregular na fiscalização? Fala sério….por isso que digo, parem de eleger ao cargo de Vereadores pessoas que não têm capacidade.”

Os empregos

O Brasil gerou 249 mil empregos em agosto, em plena pandemia de coronavírus. A segunda melhor marca para o mês desde 2010. Mas no acumulado do ano ainda são 849 mil empregos perdidos. No RS foram 7.228 empregos gerados em agosto.

Venâncio, depois de ter sido a cidade que mais gerou empregos no Brasil no primeiro semestre, situação provocada pela contratação de mão de obra temporária na indústria do tabaco, agora começa a série de saldos negativos no segundo semestre, quando esta mão de obra começa a ser demitida. Em agosto tivemos saldo negativo de 1.900 empregos, número superior ao de 2019, quando foram -1.544 em agosto e em 2018, quando foram -1.480. O saldo acumulado do ano ainda tem 1.561 empregos. Em 2019 era de 1.541 empregos.

Os números mostram que a pandemia do coronavírus não atingiu nossa cidade como atingiu outras regiões que perderam muitos empregos. O país perdeu quase 1 milhão de empregos.

A campanha

  • Prefeito Giovane Wickert (PSB) e o vice Celso Krämer (PTB) foram os primeiros candidatos a aparecer com propaganda política na Folha, na terça.
  • Jarbas da Rosa (PDT) e Izaura Landim (MDB) saíram na quinta, dia da live de lançamento da campanha.
  • Nestor Azeredo (PSB) foi o primeiro candidato a vereador a aparecer com propaganda política na Folha, na quinta. Cada candidato pode ter propaganda política em dez edições do jornal durante a campanha.
  • Nestor Azeredo já foi o ‘Neguinho do Violão’. Ele fez 1.191 votos em 1996, pelo PDT, e não se elegeu. Em 2000, foi candidato a vereador mais votado, com 1.539 votos e em 2004 com 1.623 votos. Na última eleição, já no PSB, não concorreu, se tratando da saúde. Agora está de volta.
  • Nilson Lehmen, que já foi vereador, depois candidato a prefeito do MDB em 2012, é candidato vereador e também anuncia em rede social que sua campanha não terá dinheiro público do Fundo Eleitoral.
  • Vereador Tiago Quintana (PDT) envia um card aos eleitores pelo telefone. Clicando no Card o eleitor pode falar com o vereador por whats, face e instagram, ou acessar o site dele, onde constam o trabalho legislativo realizado no primeiro mandato e as propostas para um segundo mandato.
  • Cobertura Folha e Terra tem o programa Seu Voto, Sua Voz, na quarta-feira, 7, entrevistando o candidato Jarbas da Rosa das 19h às 21h, como foi Giovane Wickert nesta semana. E na quinta,8, acontece o primeiro debate entre os dois candidatos aqui no auditório da Folha, com transmissão pela Terra FM e pelas plataformas digitais do jornal e da rádio. Hora de conhecer mais das propostas de cada um e ver o embate entre os dois.

Notinhas

  • O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou nesta semana que o banco já pagou R$ 214 bilhões de auxílio emergencial para 67,2 milhões de brasileiros. E ouço gente como Manuela D’Ávila defendendo que o auxilio de R$ 600 precisa ser permanente.
  • A Argentina já passava por grave crise econômica e com a pandemia ‘afunda’. Li no site Inafobae sobre o apelo do presidente Alberto Fernandes para que os jovens argentinos, entre 25 e 40 anos, não abandonem o país, como estão anunciando.

Esportivas

  • E hoje tem Gre-Nal de novo. É pelo Brasileiro, as 17h, na Arena. O Inter não vence faz dez clássicos.
  • Saiu sorteio das oitavas de Copa do Brasil. Inter x Atlético de Goiás e Grêmio x Juventude.
  • A Assoeva faz três jogos em sequência pela Liga Nacional no Parque do Chimarrão. Neste domingo contra o Pato às 11h15min, na quarta contra o Jaraguá às 18h e no sábado conta o Campo Mourão às 11h contra. Série que pode decidir a classificação.

Do Twitter

  • UOL: Bolsonaro confirma indicação de Kassio Nunes ao STF: 2ª vaga será de evangélico
  • Crusoé: Bolsonaro defende escolhido para o STF: ‘Não é porque teve ligação com o PT que é comunista’.
  • IstoÉ: STF: Escolha de Bolsonaro afasta Lula da prisão
  • Estadão: Para combater o racismo, Grupo Boticário deixa de usar o termo ‘Black Friday’
  • GZH: Biden fala em incentivos para o Brasil preservar Amazônia e “consequências graves” se desmatamento prosseguir
  • Estadão: ‘Lamentável, sr. Joe Biden’, diz Bolsonaro após fala de candidato americano sobre Amazônia
  • Carolina Bahia: Pelo andar da carruagem, Paulo Guedes não emplaca o próximo ano no comando do Ministério da Economia e o PP, em breve, tomará conta da Esplanada.
  • Osmar Terra: Lobby das empresas pela liberação da maconha funcionando,com apoio na nossa grande imprensa! Quem lê pode achar que maconha cura tudo e não faz mal. Nunca entrevistam quem trata drogados e suas famílias, de milhões de lares devastados pelas drogas. E a tragédia ficará muito pior se liberar!
  • Paulo Pimenta: Eu sou a favor do fim do foro privilegiado para deputados, senadores, juízes, promotores, governadores, procuradores, militares, etc. Sou a favor do teto salarial previsto na Constituição Federal para todos citados acima , inclusive aposentados e pensionistas. E o seu deputado(a)?
  • Deputado Zucco: Receita de impostos e contribuições federais cresce com a retomada da economia. O total chega a R$ 124,5 bilhões em gosto, melhor resultado para o mês nos últimos 6 anos. Prova de que era preciso ter flexibilizado a reabertura muito antes.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome