PSD quer ter nome para majoritária

Eduardo Sterz, Darlan Rieger, Letícia Boll, Patricia Naue, Simone Becker, Danrlei Hinterholz, Telmo Kirst, Nelsoir Battisti, Régis Junior, Chico Rech, Marianna Heinen e Marcos Hüttmann. (Foto: Divulgação)

Na sexta feira, dia 18 de outubro, uma comitiva do Partido Social Democrático (PSD) de Venâncio, esteve na cerimônia de posse da nova executiva do partido em Santa Cruz do Sul, onde Régis De Oliveira Júnior, atual secretário municipal de Saúde e Comunicação lá, foi empossado presidente da sigla.

Participaram também o deputado federal Danrlei de Deus Hinterholz, o prefeito de Santa Cruz do Sul Telmo Kirst, a presidente estadual do PSD Leticia Boll Vargas, o secretário geral do PSD RS Daniel Mussi.

Os representes da sigla de Venâncio Aires aproveitaram o evento para convidar os lideres regionais a prestigiar no dia 1º de novembro a posse da nova executiva do partido em Venâncio, que será realizada no Clube 7 de Setembro onde será empossado o vereador Nelsoir Battisti como novo presidente em lugar de Chico Rech.

Nelsoir me disse ontem que o PSD trabalha para ter um nome em chapa majoritária na eleição municipal de 2020, mas não citou nomes.

 

E as tipuanas foram derrubadas

No domingo pela manhã uma empresa contratada por proprietários de imóveis no Calçadão derrubou 21 tipuanas do lado esquerdo de quem desce a rua Osvaldo Aranha entre a Jacob Becker e General Osório. Os proprietários pediram licença ao Meio Ambiente da Prefeitura, embasados em laudos técnicos, para a derrubada das árvores para estancar o prejuízo em prédios que apresentam cada vez mais rachaduras provocadas pela agressividade das raízes das tipuanas.

A construção do Calçadão aconteceu em 1994, há exatos 25 anos, no segundo governo do Prefeito Almedo Dettenborn (PMDB). O propósito era de criar um ‘túnel verde’, igual ao do centro de Santa Cruz.

Cortadas as tipuanas, o prefeito Giovane Wickert (PSB) agora vai tratar de pontos de convergência no projeto de revitalização do Calçadão, atendendo reivindicações do grupo de pessoas que se opôs em alguns pontos ao projeto original, mas que reconhecia os danos causados pelas tipuanas e a necessidade de serem substituídas.

Pelo que soube, a Prefeitura vai anunciar um projeto de compensação, plantando novas tipuanas ao longo do Acesso Leopoldina, onde está sendo construído o caminhódromo. A exemplo de Vera Cruz, que fez ‘túneis verdes’ de tipuanas no Acesso à RSC-287 e no Acesso à BR-471 para Santa Cruz, mas não dentro da cidade.

O corte das tipuanas rende debate acalorado nos comentários da publicação da notícia no site da Folha, postada no domingo pela manhã, quando começou o corte. Gente a favor da derrubada e gente contra, com muitos argumentos. Mas alguns comentários são sem ‘pé nem cabeça’, como um que lamenta o corte das ‘arvores centenárias” e outro citando que as árvores estavam ali antes das lojas serem construídas, e por ai vai. Observei também que boa parte dos comentários contrários são de internautas de outros estados, que já endossaram o abaixo assinado virtual contra o corte. Deve fazer parte de rede ambientalista. Não conhecem os fatos, mas criticam.

 

Notinhas

* LDO anunciada ontem prevê orça,mento de R$ 297 milhões, 9% maior que o de 2019. O déficit projetada é de R$ 13,9 milhões.

* Circula na edição de hoje, 22, suplemento especial sobre os 23 anos de emancipação de Vale Verde, município da região de cobertura da Folha. Em nome do prefeito Gustavo Schuh cumprimentos à toda comunidade.

* Diana de Azeredo, vereadora suplente do PSB que assumiu cadeira na Câmara, propôs Moção de Apoio aos diretores e funcionários da Folha do Mate pela passagem dos 47 anos do jornal, no dia 6 de outubro, e pelo compromisso com a produção jornalística qualificada e independente. É a nossa missão profissional e institucional: ‘Informar e Desenvolver com Cidadania.’

* Comitiva da Prefeitura e Câmara vai à EGR hoje, onde será recebida pelo Secretário Extraordinário de Parcerias do RS, Bruno Vanuzzi, a quem entregam demandas na RSC-453 e na RSC-287 que passam por Venâncio. Manutenção, modificação do trevo de acesso a Venâncio e sonorizadores próximo do casa Cheia são medidas que a comitiva vai defender e requerer. Próximo do restaurante Casa Cheia foram dez acidentes em um ano com três mortes. No trecho do Posto Chama até o Trevo foram 13 acidentes.

* Oktober de Santa Cruz fechou com 126 mil pagantes. Os dois fins de semana foram excepcionais.

* Senado conclui hoje a votação da Reforma da Previdência. O relator Tasso Jereissati (PSDB-CE) retirou do texto a extinção das filantropias, o que era uma grande preocupação para hospitais como o nosso que precisa atender 60% pelo SUS, e escolas particulares, que mantém bolsas de estudo em troca da isenção patronal na previdência.

* Depois da aprovação da Reforma da Previdência, o governador Eduardo Leite (PSDB) vai encaminhar à Assembleia um ‘pacote’ de reformas. Vai dar polêmica, mas é preciso ter coragem de mudar para começar a recuperar o Estado. Como está, em pouco tempo toda arrecadação não vai mais chegar para pagar salários e aposentadorias.

* Está muito estranha essa situação das manchas de óleo venezuelano, como comprovado por exames laboratoriais da Universidade Federal da Bahia, que que foi derramado em alto mar e agora enlameiam todas as praias do nordeste. Pela densidade do óleo cru, ele não ‘boia’, vem abaixo do nível da água, o que impossibilita sua retenção por boias antes de chegar na areia das praias. Não vejo a esquerda fazendo estardalhaço, nem artistas preocupados com meio ambiente reclamando. Cheiro de sabotagem?

* Deputado Paulo Pimenta foi eleito presidente do PT-RS no fim de semana.

* Assoeva fez 5×1 no Alvorada, no primeiro jogo da final do estadual. Sábado às 19h, tem o jogo de volta, no Poliesportivo. É caneco certo.

* Dupla Gre-Nal foi mal no Brasileiro. O Grêmio perdeu por 2×1 para o Fortaleza no Castelão jogando com reservas. O Inter perdeu por 1×0 no Beira-Rio para o Vasco, que derrubou a invencibilidade colorada em casa no campeonato. O Inter era 6º com 42 pontos e o Grêmio 7º com 41. Mas o Bahia, com 41 pontos, jogou ontem a noite contra o Ceará.

Hoje, Boca x River decidem vaga para a final de Libertadores. Amanhã, Flamengo x Grêmio decidem a outra vaga no Maracanã. Hora decisiva.

 

Do Twitter

*

* Veja: Lula consegue liminar para não depor sobre esquema dos caças da FAB

* O Globo: Defesa de Lula pede à Justiça que negue progressão para semiaberto.

* UOL: Lula aguarda STF e já faz plano de caravanas pelo país caso deixe a prisão neste ano.

* Folha S. Paulo: Alcolumbre ocupará Presidência da República durante viagens de Bolsonaro, Mourão e Maia.

* Exame: Partido Novo deve se alinhar a Bolsonaro, diz Romeu Zema.

* Estadão: Toffoli, Maia e Alcolumbre criam passagens para fugir do assédio do público.

* Folha S. Paulo: Em nova reviravolta, Delegado Waldir decide entregar liderança do PSL.

* O Antagonista: Eduardo Bolsonaro é oficializado novo líder do PSL na Câmara.

* Estadão: ‘Falta os EUA definirem o Brasil na OCDE’, diz secretário-geral da organização

* Gaúcha ZH: Gilmar Mendes suspende medida de Bolsonaro que dispensava publicação de atos públicos em jornais

* IstoÉ: Procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol diz que, se o STF acabar com a prisão a partir da condenação em segunda instância, o Brasil voltará a ser o paraíso dos corruptos.

* UOL: Moro direcionou ações da PF na Lava Jato sem pedido do MP, diz Intercept.

* Sergio Moro: Quando um veículo como UOL faz uma matéria falsa e caluniosa, sem sequer ouvir os envolvidos, entendo que é mau jornalismo, assim como também é distorcer fatos com base em supostas mensagens de terceiros obtidas de forma criminosa para salvar corruptos.

* Cristian Deves: Votei no Bolsonaro por dois motivos….tirar a esquerda corrupta do governo e montar um Ministério técnico e competente. Por enquanto estou satisfeito. Se tirar o Moro, Paulo Guedes e Tarcísio Freitas, ai complica.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome