Secretários candidatos saem em abril

Reportagem de ontem da Folha dá uma panorâmica dos secretários municipais e as eleições. Dia 7 de abril é o prazo para quem vai concorrer, deixar os cargos. Telmo Kist é vereador e está secretário de Governo. Concorre a reeleição como candidato a ser novamente o mais votado. Cleiva Heck, da Cultura, Esporte e Lazer, que já foi em duas sem se eleger é candidata certa, e agora com mais lastro. Assim como Ana Claudia Teixeira, do Desenvolvimento Social. Dos demais nomes do PDT existe indefinição. Hélio Lawall, do Desenvolvimento Econômico, que já foi vereador pelo PP e PTB, agora no PDT, anuncia que não concorre e vai trabalhar por Leomar Rehbein, adjunto da secretaria. Leandro Pitsch, da Administração, é técnico mas manifesta vontade de testar as urnas. Vilmar Oliveira, da Fazenda e Fernando Heissler, da Agricultura, também são técnicos, até sem jeito para pedir voto. Não querem concorrer.

A parte petista do secretariado, estranhamente não confirma candidaturas ao legislativo. Rosange Lehmen de Moraes concorreu em outras eleições e agora como secretária Educação tem seu melhor momento político, assim como Lúcio Konzen, do Planejamento, que já foi candidato a prefeito e vereador nos tempos mais difíceis do PT. Cândido Faleiro, da Infraestrutura Urbana e Vilson Gauer da Saúde, também são tidos como candidatos ao legislativo.

O PT que elegeu o vice Giovane Wickert, mas não tem vereador, precisará de seus nomes mais fortes para ter bancada no legislativo no próximo mandato e alcançar a reeleição de Giovane.

Cesar Ernsen, do PRB, o único dos secretários fora do PDT/PT, diz que tem vontade mde concorrer, mas teme que suas funções na Fazenda e agora no Meio Ambiente, mais de fiscalização e cobranças, possam ser uma barreira eleitoral.

Destaques