Sobre a Taça da Amizade

O presidente da Taça de Amizade, Betinho Becker, faz observações sobre a análise feita na coluna sobre o futebol amador municipal. Ele concorda que a Taça da Amizade errou ao abrir inscrições para atletas de fora das comunidades há seis anos atrás e diz que é difícil segurar a não inscrição de mais atletas de fora das comunidades que são solicitadas a cada ano pelos clubes. Betinho, que vive o dia a dia do futebol amador municipal, diz que a Copa Serrana e a Copa Integração, competições mais recentes do que a Taça da Amizade, que existe há 23 anos, não tem equipes formadas com atletas das comunidades. Tem jogadores de fora das suas comunidades e gastam mais do que os clubes da Taça da Amizade, garante ele.

Destaques