Tabaco para 111 países

O Sindicato das Indústrias do Tabaco (Sinditabaco) divulga números oficiais sobre o setor em 2019. O Brasil, segundo maior produtor mundial, atrás da China, é o maior exportador mundial de tabaco. Em 2019 foram 549 toneladas com valor de US$ 2,14 bilhões, que são 25% de toda venda do produto no planeta O aumento sobre 2018 foi de 19% sobre o volume exportado e 7,6% de incremento em dólares.

O tabaco brasileiro foi vendido para 111 países. A Europa foi o maior comprador com 40% do total. A Bélgica foi o país que mais comprou, com US$ 526 milhões, seguida da China US$ 383 milhões e Estados Unidos US$ 189 milhões. Quase 90% do tabaco brasileiro é exportado. No RS o produto foi responsável por 9,62% das exportações, aponta o relatório do Sinditabaco, presidido por Iro Schünke.

Venâncio segue como segundo maior produtor de tabaco no Brasil, atrás de Canguçu e a frente de São Lourenço, municípios da zona Sul do Estado, na costa da Lagoa dos Patos

 

Notinhas

* Hoje, a partir das 18h, o Partido Progressista faz o lançamento da pré-candidatura a prefeito do ex-deputado estadual, Luiz Fernando Staub. O presidente do partido, Ailto de Mello, durante a visita do senador Luis Carlos Heinze, nesta semana, disse esperar a presença de 200 pessoas no ato político, onde será servido jantar (carreteiro a R$ 10), no Salão Machry, no bairro Grão-Pará. O deputado Covati Filho, Secretário Estadual da Agricultura, confirmou sua presença ontem.

* Junior Ronan Hendges me contatou no final de semana para esclarecer que ele é o vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos e não Elígio Weschenfelder, como citei no sábado. Elígio é secretário. “Eu sou o vice-presidente e estou no serviço público atuando na minha função. Sem nenhum privilégio por fazer parte da diretoria”, me escreveu Junior, a quem peço desculpas pelo erro e agradeço pela correção.

* Agricultor dono de terras na margem do Castelhano, em Grão Pará, relatou já na semana passada que depois da draga da Prefeitura abrir o leito do Castelhano nos fundos do bairro Battisti, a água parada na sua propriedade escorreu rapidamente.

* Agora, com a draga maior, que foi contratada para limpar trechos assoreados no arroio, vai ser resolvido todo problema de alagamento da várzea do Castelhano, onde vários hectares de mata nativa inundada, morreu. A sensação é de que estas soluções simples poderiam ter sido tomadas bem antes. Não teria morrido toda aquela mata nativa.

 

Do Twitter:

* O Globo: Contas públicas têm resultado positivo de R$ 44,1 bi em janeiro, melhor da série histórica.

* Folha S. Paulo: FHC, Lula, Ciro e OAB reagem contra ato anti-Congresso apoiado por Bolsonaro.

* Exame: Bolsonaro não está à altura do cargo, diz Celso de Mello.

* O Globo: Partidos de oposição marcam reunião para discutir impeachment de Bolsonaro.

* Estadão: ‘Vídeo não fala do Congresso, é de apoio ao governo’, diz o general Ramos.

Fabio Branco: É inconcebível um presidente convocar protestos sugerindo o fechamento do Congresso. Goste Bolsonaro ou não, os parlamentares são a legítima representação da sociedade. Foram tão eleitos quanto o presidente. O radicalismo, de esquerda ou de direita, não nos levará a lugar algum!

* Ailton Benedito: Segundo a Constituição, são Poderes independentes e harmônicos entre si, com funções próprias, o Legislativo, que cria leis e fiscaliza os demais, o Executivo, que executa as leis e o orçamento, e o Judiciário, que julga a aplicação das leis, mas não as cria nem executa.

* Lasier Martins: A Frente Parlamentar pela Prisão em Segunda Instância coletou 43 assinaturas pedindo a votação imediata do meu PLS 166/2018, que retoma a prisão após condenação em segunda instância. O assunto é urgente, não pode mais esperar.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome