Unisc se reinventa para os Milleniuns

Durante vários dias o leitor da Folha viu um teaser (anúncio) chamando atenção para uma grande mudança, criando expectativa. Pois ontem a campanha se identificou; é a Unisc que anunciou para a imprensa que está inovando e se reinventando. A reitora Carmem Lúcia e o vice-reitor, o venâncio-airense Rafael Henn, filho do ex-secretario de Administração de vários governos do MDB, Clóvis Henn, receberam jornalistas para falar do grande projeto de Reinvenção Pedagógica.

Faz dois anos que Carmem foi reeleita para a gestão 2018/2021e passou a ter Rafael como vice. No primeiro ano da nova gestão foi implantado o EAD com 12 cursos e que vai ter mais 8 novos cursos. Em 2019 está vindo o segundo fato importante com esta mudança estratégica da universidade comunitária do vale do Rio Pardo, que será implantada em 2020. Se me pedissem para resumir, diria que a Unisc se preparou para atender a geração Y, os chamados Milleniuns (anos 90/2000), geração que vai transformar o mundo, com novas ideias, novos objetivos, com muita tecnologia e que não quer mais o modelo tradicional de ensino de um professor discorrendo conhecimento que está num livro com temas que muitas vezes já é de conhecimento do jovem através de pesquisas virtuais.. É uma geração que quer fazer parte do processo, que quer fazer acontecer. E é isto que Unisc passa a oferecer, formação com ensino de qualidade e preparação para a vida. Os cursos não serão mais por disciplinas, mas por módulos, compostos por disciplinas. Cada módulo terá um direcionamento diferente para formar profissionais mais completos, com uma visão mais ampla do que apenas do seu curso.

O professor Rafael explicou que tem aulas em algumas turmas já no novo modelo proposto, onde são apresentadas situações e os alunos são desafiados e buscar soluções, construir projetos. “Os alunos não querem nem sair da sala durante o intervalo, tal é o interesse”, revelou Rafael. O módulo de empreendedorismo e práticas comunitárias vai ser o grande diferencial. A Unisc quer estar ainda mais presente na vida das comunidades onde atua, identificando dificuldades para oferecer soluções. A comunidade regional vai ser chamada a participar e vai sentir esta mudança logo, logo.

Saí encantando de lá com o projeto apresentado. Com certeza haverão dificuldades, serão necessárias correções, adaptações, mas vamos ter uma nova universidade.

E por falar em novo, Carmem anunciou dois novos cursos presenciais para 2020; agronomia, curso que não existe num raio de 150km e que é oportuno para a região de milhares de minifúndios. E Ciências de Dados – Inteligência Artificial, um vasto campo que vem pela frente.

 

Municípios em Vale Verde

Na programação de aniversário de Vale Verde, o prefeito Gustavo Schuh (MDB) recebe hoje os prefeitos da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) e do Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale), para assembleia conjunta.

O encontro será no Centro de Cultura e Biblioteca de Melos, durante as festividades do 23º aniversário do município.

Na pauta a apresentação da ONG Foco Empreendedor pela presidente, Aurea Binz e a coordenadora de projetos, Elisângela Reis; Judicialização da saúde e medicamentos com o médico Fernando Winck; e apresentação da nova gestão da Associação dos Municípios Produtores de Tabaco (Amprotabaco).

No CiIsvale a pauta é plano estratégico regional de gestão de resíduos sólidos e processo licitatório de locação de veículos.

 

Notinhas

* Um dos assuntos de pauta do encontro é a judicialização da saúde, que cresce cada vez mais. O secretário municipal de Saúde, Ramon Schwengber, me antecipa que se trata das cirurgias de alta complexidade, que são de responsabilidade do Estado. Em Venâncio tem uma fila com mais de 100 pessoas, desde 2016 esperando por cirurgias.

* Com a desistência de Eduardo Bolsonaro de ser Embaixador do Brasil nos Estados Unidos, o diretor de negócios da Embaixada, Nestor Forster Junior, pode ser o embaixador brasileiro nos EUA. Li na Gazeta do Sul que Forster é filho do santa-cruzense Nestor Forster, que abriu escritório de advocacia em Porto Alegre nos anos 60.

 

Do Twitter

* O Globo: Bolsonaro ‘vende’ o Brasil a empresários chineses.

* Exame: Bolsonaro anuncia isenção de visto para chineses>

* O Globo: Guedes quer mecanismo que permita a estados e municípios cortar jornada e salário de servidor.

* Folha S. Paulo: Com Jesus, Flamengo quer jogar bonito por projeto de clube global.

* Bolsonaro: Boas notícias para o Brasil: mais exportação de carne, frutas e vegetais para China em breve: produção, empregos nas áreas e crescimento da economia.

* Eduardo Leite: Estive hoje (ontem), em Brasília, com o ministro Paulo Guedes, que reforçou que o RS está no caminho certo na busca pelo equilíbrio fiscal. Esperamos para breve um retorno da STN para que possamos protocolar nosso plano de recuperação fiscal junto à União.

* JRGuzzo: Alguma coisa deu profundamente errado com a democracia de um país onde dinheiro dos impostos, pagos por você, é usado na construção de túneis para permitir que parlamentares e ministros do STF saiam escondidos do seu local de trabalho. Como um negócio desses pode dar certo?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques