Em dois sábados, mais de 1 mil casas já foram visitadas (Foto: Leandro Osório/AI Prefeitura de Venâncio Aires)

Nesta semana, a Folha do Mate divulgou três notícias da área de saúde com o intuito de alertar a população venâncio-airense sobre cuidados importantes. A primeira, sobre os baixos índices de vacinação contra a gripe, principalmente de crianças e idosos. A segunda, alertou para a dengue, inclusive, terminamos a semana com a confirmação de um caso da doença confirmado em Venâncio e outro, na vizinha Mato Leitão. A terceira, dá conta da superlotação do Hospital São Sebastião Mártir, manchete de capa na edição desta sexta-feira, 24.

Três assuntos sérios e que tratam, diretamente, sobre a importância da prevenção e conscientização de toda a população, independente de quem precisa e utiliza o Sistema Único de Saúde (SUS). Enquanto a baixa adesão na vacinação contra a gripe preocupa a Secretaria Municipal de Saúde e mostra, mais um ano, o receio de pais e mães com a aplicação e a disseminação de informações falsas sobre a vacina; a superlotação no hospital está relacionada com a queda nas temperaturas e os consequentes resfriados e doenças respiratórias que costumam aumentar nesta época do ano, lotando as unidades de saúde. Porém, mais do que a questão sazonal, a superlotação também está diretamente ligada à falta de conscientização da população local na hora de buscar por atendimento médico, afinal, em outros períodos do ano, o quadro se repetiu. Muitas vezes, pacientes lotam o pronto atendimento do hospital com casos sem urgência e emergência, enquanto podiam ser atendidos na UPA ou em um posto de saúde.

Por fim, talvez o alerta mais preocupante, no momento, é em relação à dengue. A região está em alerta e a possibilidade de uma epidemia assusta. Talvez o recado incansável de acabar com pontos de água parada passe despercebido por muitos, mas a realidade é que as dicas de tampar caixas d’água, não acumular água nos pratos de vasos de plantas e guardar pneus sob abrigos nunca foram tão sérias e não podem ser encaradas como medidas levianas. A dengue, que muitos relacionam com os períodos de altas temperaturas, está batendo à nossa porta a poucos dias do inverno.

Venâncio Aires está na lista de municípios brasileiros infestados, enquanto que a cidade de Santa Cruz do Sul já vive um surto, com oito casos confirmados. O alerta de utilidade pública busca, em primeiro lugar, a conscientização e atenção de todos, tanto para os que vão viajar, quanto para os que vão ficar em casa e talvez tenham água parada no ‘pátio’ de casa. Cuidar da saúde sempre é, antes de tudo, prevenção e conscientização, sem medida. Uma boa dose destes dois ‘remédios’ nunca é demais para esses três alertas.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome