Segundo semestre…

Algumas das tantas coisas que ficaram para o segundo semestre de 2019: revitalização do calçadão; oficialização da doação da área do novo Distrito Industrial, em Vila Estância Nova; disponibilização da creche noturna; implementação da Secretaria Municipal de Segurança Pública; CVT da Proteína Animal; e Centro de Recuperação de Dependentes Químicos (CRDQ), só para citar alguns exemplos. Algumas destas demandas, certamente, serão adiadas para 2020, talvez nem sejam concretizadas na atual Administração, mas estão nos planos do prefeito Giovane Wickert (PSB).

…vai refletir…
A relação de metas ainda a consolidar serve para uma reflexão: embora saibamos de todas as dificuldades financeiras enfrentadas pelos entes públicos, a verdade é que Wickert vem conseguindo cumprir boa parte do que havia especificado no seu plano de governo. Lógico que algumas coisas não vão sair do papel, mas o prefeito não se dá por vencido. Distrito Industrial, CVT, Secretaria de Segurança e creche noturna têm tudo para emplacar, já o CRDQ é uma meta mais complicada de se atingir. Trocando em miúdos, o prefeito chegará a 2020, ano em que vai buscar a reeleição, podendo afirmar que desenrolou quase tudo o que havia fixado como planejamento para Venâncio Aires.

…na ELEIÇÃO de 2020
Fiz todo este preâmbulo para chegar no seguinte ponto: se a Administração tivesse desligado antes da história da herança do déficit – que era milionário, mas longe dos valores anunciados quando Wickert assumiu a Prefeitura – e o vice-prefeito Celso Krämer (PTB) tivesse, de fato, resolvido a questão das estradas do interior, a atual dobradinha chegaria muito forte para a disputa. Como, na minha avaliação, pecou nestes dois pontos, especialmente, se deixando envolver ainda em outras polêmicas desnecessárias, deixou espaço para contestações da comunidade, o que abre o cenário eleitoral.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome