Dizem que a Espanha atualmente é um dos paises mais progressistas da Europa. Só tem um pequeno detalhe: nossos manos espanhóis descansam ou melhor, dormem quase das 14 às 17 horas. Já pensaram se isto fosse por aqui? Eles dormem de tarde! Lá se trabalha das 9 às 14 horas, depois se almoça e se dorme “la ciesta” e somente depois se volta ao trabalho das 17 às 20 horas. Com todo este esbanjamento de “sombra e água fresca” é o pais europeu que mais cresceu nos últimos 15 anos. Mas, são as coisas de lá. Muitos deles fazem o “happy hour”, das 14 às 17 horas, ou aproveitam para uma esticada de pernas, ou até tomam lá a sua cervejinha, mas, depois voltam ao batente, isto é, ao trabalho.

Um estudo feito recentemente mostrou que um pequeno cochilo no início da tarde melhora o desempenho físico e mental, além de deixar o individuo bem mais desperto do que uma importante xícara de café forte. Nesta pesquisa um grupo de cientistas treinou 61 pessoas na execução de uma determinada tarefa. Depois dividiu este grupo em 3 subgrupos, no qual o primeiro tirou um pequeno cochilo, o segundo grupo recebeu uma dose de cafeína correspondente a um café bem forte e o terceiro recebeu uma medicação placebo, isto é, sem qualquer efeito sobre o organismo da humano.

Na avaliação dos resultados, constatou-se que o grupo do repousou teve um desempenho significativamente melhor no período da tarde do que o grupo da cafeína e o do placebo. Bom, como diz a professora Sara C. Mednick, da Universidade da Califórnia, em San Diego, coordenadora desta pesquisa, “As pessoas acreditam ficar mais espertas tomando café forte”. Sem dúvida, não podemos seguir o exemplo dos espanhóis na integra, agora, segundo a autora deste trabalho publicado na edição de 3 de novembro do “Behavioral Brain Research”, “esse estudo é um forte argumento a favor do cochilo em vez da xícara de café”,
Mas, e nós brasileiros aqui por estas bandas do hemisfério sul? Se este negócio realmente é tão bom, quem sabe a gente consegue encaixar uma “descansadinha” entre o almoço e o início da nossa apertada jornada de trabalho da tarde? Acho que vou tentar. Vamos nessa?

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome