As tradições da Páscoa na Bélgica

-

PÉ NA ESTRADA 

Por Ana Flávia Hantt*

‘Fique em casa, coma chocolates’. É com esse mote, que centenas de chocolaterias belgas estão trabalhando nesta Páscoa. O país, que é famoso pela qualidade do seu chocolate, continuou a produção da iguaria, a despeito da quarentena imposta há quase um mês. Para garantir as vendas, as empresas estão trabalhando com tele-entrega e com fila de espera para atendimento a apenas um cliente por vez.

Mas na Bélgica, o grande astro não é o coelho. Aqui, a história contada às crianças diz que na Quinta-feira Santa todos os sinos desaparecem, e viajam a Roma, onde são abençoados pelo papa. Enquanto estão lá, eles se enchem de ovos de chocolate, os quais são derrubados nos jardins durante a viagem de volta. Assim, no domingo de Páscoa, todas as crianças precisam sair para uma caça aos ovos.

Por causa disso, pequenos ovinhos embalados em papéis coloridos, vendidos a granel, são os astros nos mercados. Por aqui, não há aquelas ‘parreiras de chocolate’ como vemos no Brasil, mas se encontram algumas opções de coelhos de chocolate.

Devido à quarentena forçada pelo coronavírus, a caça aos ovos será, provavelmente, uma das poucas tradições mantidas na Páscoa. O governo proibiu que as pessoas viajem para suas casas no litoral do país, e também tem mantido barreiras policiais nas principais rodovias nacionais. Churrascos e piqueniques em parques também estão proibidos. Durante os últimos dias, o governo tem feito intensa campanha para que durante o feriado, as pessoas tenham apenas contato com os familiares que moram na mesma casa, e a polícia ganhou autorização para ‘fazer batidas’ nas residências para terminar com festejos inapropriados.

Nesta e na próxima semana, mesmo se não houvesse quarentena, todas as crianças do país estariam de férias em casa – essa é uma parada já tradicional no calendário escolar. A expectativa, agora, é saber se as escolas voltarão a funcionar no dia 20 de abril. As novas medidas para o andamento da quarentena na Bélgica serão anunciadas na próxima quarta-feira.

O delicioso chocolate belga

O chocolate feito na Bélgica não é famoso por acaso. Ele é realmente delicioso! Até as marcas econômicas dos próprios supermercados são excelentes. Para efeitos de comparação, uma barra de chocolate de 400 gramas bem simplesinha, que custa apenas 0,85 centavos de euro, é tão gostosa, na minha opinião, quanto um produto da Cacau Show que compraríamos no Brasil. Uma barra de chocolate Milka, que muita pessoas viajam ao Uruguai ou a outros free-shops para comprar, aqui não custa nem um euro. Ou seja, chocolate bom se encontra em qualquer esquina. Acho que tive sorte em ficar ‘presa’ na quarentena por aqui, não é mesmo?

*[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes