Nos Estados Unidos, o valor das passagens da Megabus se inicia em um dólar. (Foto: Divulgação)
Nos Estados Unidos, o valor das passagens da Megabus se inicia em um dólar. (Foto: Divulgação)

PÉ NA ESTRADA

Por Ana Flávia Hantt*

Uma das razões por mochilões serem tão viáveis no exterior são os ônibus de baixo custo. Essas companhias oferecem viagens longas, em veículos confortáveis e equipados com wi-fi e tomada, por preços que não dá para acreditar.

Na primeira vez que utilizei o serviço nos Estados Unidos, a viagem de 650 quilômetros de Nova York a Niagara Falls custou US$ 10. As três horas de Nova York a Boston custaram US$ 5. Ano passado, os 760 quilômetros de Nova Orleans para Atlanta saíram por US$ 12.

No Reino Unido, os valores são semelhantes: o trajeto de 645 quilômetros de Londres a Edimburgo pode ser adquirido por £$ 17. A responsável por isso é a Megabus, empresa famosa por oferecer tarifas a partir de um dólar (ou libra). Além do custo-benefício, o viajante ainda pode escolher uma viagem noturna e, assim, poupar uma diária de acomodação.

Para quem está neste momento, no entanto, com a calculadora do lado para converter dólares e libras em reais, pode se alegrar, porque o Brasil passou a contar também com um serviço similar. A Wemobi – empresa do mesmo grupo que detém que as viações 1001, Expresso do Sul, Catarinense e Cometa – está inaugurando seus serviços no Brasil.

O trecho de lançamento será São Paulo-Rio de Janeiro (434 quilômetros) com tarifa de R$ 19,90. As próximas rotas no planejamento compreendem Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Assim como ocorre com as empresas do exterior, a compra de passagens será 100% on-line, com conferência no momento do embarque por QR Code no celular. Prepare o mochilão e boa viagem!

*[email protected]

Os mais confortáveis

Enquanto a Megabus é a mais barata para viajar nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido, é o Chile que ganha em conforto. Os ônibus da TurBus proporcionam uma viagem incrível, com poltronas-leito e comodidades como cobertor. A empresa mantém também um comissário de bordo para atendimento aos passageiros.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome