A Folha do Mate e Terra FM divulgam hoje a segunda rodada da pesquisa eleitoral contratada junto ao Instituto Methodus, que ouviu 400 eleitores na terça e quarta, no centro, nos bairros e nos distritos do interior, para saber a intenção de voto para prefeito e para vereador neste momento da campanha em Venâncio, faltando 22 dias para a eleição.
Jarbas da Rosa (PDT) e Giovane Wickert (PSB) cresceram na intenção de voto da primeira pesquisa, divulgada dia 3 de outubro, para esta segunda, pois diminuiu o número de indecisos. Mas a vantagem de Jarbas, que foi de 24,5 pontos percentuais na primeira pesquisa, agora é de 25 pontos.

Na espontânea, onde não são citados nomes, Jarbas subiu de 29,3% para 43,8% e Giovane de 13,5% para 23,3%. Os indecisos baixaram de 52,6% para 24,5%.
Na estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos, Jarbas cresceu de 46,4% na primeira, para 52,5% agora. Giovane cresceu de 21,9% para 27,5%, o que dá a diferença de 25 pontos percentuais. Os indecisos baixaram de 22,6% na primeira para 12,9% agora.

Outro dado relevante é que 70% dos eleitores responderam que tem seu voto definido, enquanto que 22,3% responderam que é sua intenção de voto hoje.
Na rejeição, Giovane cresceu de 23,1% para 37,4% e Jarbas de 12,7% para 15,1%. O maior contingente, 47,5%, não rejeita nenhum dos dois candidatos.

Na cidade Jarbas tem 55,7% das intenções de voto manifestadas na pesquisa e Giovane 25,5%. No interior Jarbas tem 45,5% das intenções de voto contra 32,2% de Giovane. A pesquisa mostra uma vantagem muito grande de Jarbas.

Contestação
O prefeito Giovane Wickert |(PSB) anunciou já na terça que a Coligação do 40 ingressaria na Justiça Eleitoral contra a pesquisa da Methodus, denunciando que uma candidata a vereadora da coligação adversária, estaria seguindo e assediando pesquisadores num bairro. Além disso uma mensagem de wahts vazada de um grupo do MDB, onde aparece o nome Hilário, ensinava como os militantes deveriam proceder e se apresentar para tentar votar na pesquisa.

Foi pedida pela Coligação do 40 a investigação das irregularidades e impugnação da divulgação da pesquisa. Um direito constitucional do candidato, como eu disse ao prefeito. O Juiz João Borges requisitou todo material da pesquisa, como permite a lei, para verificação sobre a possibilidade alguma irregularidade, mas negou o pedido de impugnação da divulgação da pesquisa.

A Folha contratou a pesquisa com o mais renomado instituto do Sul do Brasil, que trabalha para a maioria dos grandes veículos da capital e interior e que faz pesquisas eleitorais em Venâncio desde 2004. E nunca errou fora da margem em seus trabalhos. Os pesquisadores são instruídos e sabem identificar militantes que tentam fraudar pesquisa, garante o diretor do Instituto Methodus, José Carlos Sauer.

Sobre assediar pesquisadores, recebemos denúncias e fotos das duas Coligações, que na verdade estavam se fiscalizando. Sobre a estratégia interna do MDB, que vazou, que a justiça eleitoral julgue os atos e as pessoas envolvidas.

Câmara congela os salários
A Câmara de Vereadores aprovou, na segunda-feira, o ‘congelamento’ dos salários do prefeito, vice, vereadores e secretários até 2024. Hoje o prefeito recebe brutos R$ 20,9 mil, o vice R$ 10,9 mil, secretários R$ 9,3 mil e vereadores R$ 6,5 mil.

Em 2016 a Câmara aprovou a redução de 20% dos salários de prefeito, vice e secretários, mas manteve o salário dos vereadores sem redução. Até por isso o salário do vereador se aproxima de um secretário municipal, que trabalha oito horas ou mais por dia enquanto um vereador, regimentalmente, precisa ir só nas reuniões nas noites de segunda-feira. Claro que a maioria trabalha em carga horária maior no mandato.

Parada inteligente contestada
Começou a construção da terceira nova parada de ônibus na cidade, das cinco que serão feitas por uma empresa que negociou um débito com a Prefeitura pela construção das paradas. Chamadas pela Administração Municipal de ‘paradas inteligentes’, elas tem bancos, ambiente fechado e climatizado, com sinal de internet. A estrutura está sendo erguida na 15 de Novembro, ao lado da entrada do estacionamento da farmácia São João e por isso tem contestação forte nas redes sociais ,de que se um ônibus parar ali, fecha a garagem da farmácia e tranca o trânsito na sinaleira da 15 com a Osvaldo Aranha. Hoje tem uma parada mais abaixo naquela quadra, quase na esquina com a Júlio de Castilhos, também ao lado da entrada de uma empresa.

As câmeras de segurança
O sistema de monitoramento eletrônico da cidade tem 20 câmeras em funcionamento em pontos estratégicos na cidade. São vigias que auxiliam muito as forças policiais. O problema é que só tem dois brigadianos da reserva que atuam como monitores durante algumas horas do dia, cuidando do que acontece na cidade, pelas câmeras. Se funcionassem 24 horas por dia teríamos uma cidade mais segura.

Um exemplo são os furtos em série em estabelecimentos comerciais que estão acontecendo no centro, onde as vitrines e portas de vidros são estouradas com pedras. Como isso acontece na madrugada, ninguém vê. A Polícia conseguiu identificar por câmeras de empresas, mas a Justiça negou a prisão. Não adianta ter os equipamentos de última geração se não tiver pessoas para fazer o monitoramento.

Hermany fala para o BRICS
Na terça-feira o advogado de Santa Cruz, Ricardo Hermany, Professor do Programa de Pós-Graduação em Direito na Unisc e Coordenador do Curso de Direito da Unisc em Venâncio, que é consultor jurídico da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), participou do Fórum de Cooperação dos Governos Locais do BRICS, evento online internacional sediado em Kazan na Rússia, com a participação de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Hermany falou sobre a sustentabilidade financeira dos municípios brasileiros na pandemia, com tradução simultânea para representantes dos outros quatro países do BRICS.

Notinhas
* O Desembargador Kassio Nunes, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar cadeira no STF em lugar de Celso de Mello, que se aposentou, foi sabatinado e aprovado por 57 votos a 10 no Senado. Kassio, piauiense de 48 anos, advogado, foi indicado para o TRF1 pela OAB e nomeado pela presidente Dilma Roussef, em 2011. A lei permite isso. Eu sigo entendendo que só juízes deveriam fazer parte de Cortes Superiores, como topo de carreira, e não com apadrinhamentos.

* E o Brasil vive um novo dilema ideológico, o ‘nós contra eles’ de Lula, que tanto mal nos faz e ainda fará. De um lado Bolsonaro dizendo que não vai comprar a vacina chinesa, por não confiar nela. Na verdade por ser de uma ditadura comunista, de onde surgiu o vírus, naturalmente, ou não. De outro, os 30% do ‘establishment’ (oposição, ‘especialistas’ e grande imprensa), fazendo lobby em favor da China, que espalhou o vírus e agora vende a vacina. E nós esperando por uma luz no fim do túnel contra a Covid.

Esportivas
* Mesmo que justas, as reclamações do Grêmio contra a arbitragem no jogo contra o São Paulo, pedir a anulação do jogo abre um precedente perigoso. Todos clubes que se sentirem prejudicados pelo apito vão pedir anulação de jogo. E daí?
* Quando o Grêmio foi beneficiado pela arbitragem, nunca pediu anulação de jogo. Clube algum pede. A banca paga e recebe, neste brasileiro de arbitragens ruins, mesmo com VAR, como do Rafael Traci, que já vi errar feio em outros jogos.
* Em 2005 o Inter fez um DVD – pelo qual paga mico até hoje – para mostrar, com justiça também, que foi roubado por Márcio Resende de Freitas no jogo contra o Corinthians, que valia titulo nacional. Além de não marcar penalidade clara sobre Tinga, expulsou o jogador colorado, erro reconhecido depois por Freitas.
*A rodada na Libertadores classificou Grêmio e Inter para as eliminatórias. O Grêmio empatou em 1×1 com o América de Cali, na Arena e o Inter perdeu por 2×1 para a Universidade no Chile. Agora tem Grêmio x Guarani do Paraguai e Boca Juniores x Inter.
* Neste domingo tem Brasileirão. O Inter, líder do campeonato com 34 pontos, joga no Beira Rio às 18h15min com o poderoso Flamengo, vice-líder, também com 34 pontos. O Flamengo foi campeão disparado em 2019, tem o melhor plantel da América, mas o Inter de Coudet está ‘mordendo’. Jogaço.
* O Grêmio, 11º, joga no mesmo horário em Curitiba, contra no Athletico, que está na zona de rebaixamento.
* A Assoeva levou 7×2 do Tubarão e 3×1 do Jaragua pela Liga Nacjional nesta semana. Ainda pode classificar. Hoje joga com o Joaçaba em SC pela Liga e segunda com o Dois Vizinhos no Paraná, pela Copa Brasil.

Do Twitter
* O Globo: Bolsonaro diz que governo não comprará Coronavac mesmo se vacina for aprovada pela Anvisa
* Folha S. Paulo: ‘Não acredito que vacina chinesa transmita segurança pela sua origem’, diz Bolsonaro
* Veja: ‘Quer eleger um cara? Veja o que ele fez durante a pandemia’, diz Bolsonaro a apoiadores
* Estadão: PT orienta candidatos a usarem horário eleitoral para defender anulação de condenação de Lula.
* Kely Matos/GZH: Os bastidores da articulação para fazer Mourão candidato ao governo do Rio Grande do Sul
* Rosane Oliveira/GZH: Pergunta aos prefeitos: Se prefeituras liberam eventos e festas infantis, por que manter escolas fechadas?
* João Amoêdo: O PT orientou seus candidatos a usarem o horário eleitoral para defender a anulação da condenação de Lula. O horário eleitoral “gratuito” custará R$ 538 milhões. Você pagará a conta para ouvir a defesa de um político condenado por corrupção e que deveria estar preso. Faz sentido?
* Cristian Deves: Não importa se onde vem a vacina, o que importa é se ela foi testada e aprovada. E isso leva tempo,…e é natural as pessoas se preocuparem com a obrigatoriedade. Se é tão eficiente, para que obrigar?

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome