Dia da Criança na ONG Planeta Vivo

Loiva e Izolde destacam homenagem às crianças, em 12 de outubro
Loiva e Izolde destacam homenagem às crianças, em 12 de outubro

A Organização Não-Governamental (ONG) Planeta Vivo está programada e organizada para receber em torno de 200 crianças dos Loteamentos Tata e Tirelli, do Condomínio Bela Vista e arredores. O objetivo é a homenagem pela passagem do Dia da Criança, em 12 de outubro. Haverá exibição de filme infantil e entrega de alimentos, na sede da ONG.
“Faremos uma homenagem às crianças, porém todas elas deverão estar de máscara, ter higienização de mãos com álcool em gel.

Vamos organizar as distâncias adequadas para que não haja aglomeração”, explica a coordenadora da ONG, Isolde Musa da Silva. Acompanhada da integrante da entidade Loiva Freitas, Isolde destaca que, durante a semana, em torno de vinte famílias são atendidas na ONG, com recebimento de almoço. “Elas já estão acostumadas e têm o distanciamento controlado em função da pandemia, por isso, para as crianças destas famílias, vamos fazer a homenagem, também com distribuição de alimentos”, destaca Loiva.

Meu bairro, minha história’

Esta é a terceira edição ‘Meu bairro, minha história’. A proposta da Folha do Mate iniciada em julho deste ano, tem o foco baseado nas histórias de pessoas que residem nos bairros, sobre vivências e o dia a dia. Em julho, a edição apresentou moradores dos bairros Macedo, Brands, Industrial e Universitário.
Em agosto, as entrevistas foram direcionadas aos bairros localizados do outro lado da RSC-453: Coronel Brito, Battisti, São José e Travessa.
Nesta edição de setembro, ao fazer uma meia lua do Leste ao Norte da cidade, em direção ao centro, estão as localidades de Cruzeiro, Brígida, Morsch, Grão-Pará e União. Estes bairros, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dados de 2010, último censo, juntos, concentram em torno de 6,5 mil habitantes.

Brígida

Um dos bairros da edição especial deste sábado leva o nome de dona Brígida, responsável, no ano de 1864, pelo aparecimento do povoado de São Sebastião, que deu origem ao município de Venâncio Aires (1891).
Brígida Joaquina do Nascimento (1783 -1873), foi neta do primeiro sesmeiro de Venâncio Aires, Francisco Machado da Silveira. A escola Brígida, localizada no bairro com o mesmo nome, tem a ver com a história da família Fagundes do Nascimento. No ano de 1959, o casal Yolita da Cruz Portela e Antão Pereira Portela cederam uma casa de sua propriedade para possibilitar às crianças o acesso à educação. Consta nos registros da história, que o nome da escola foi escolhido em reconhecimento a Yolita da Cruz Portela, trineta de dona Brígida.

“Se hoje Venâncio Aires tem o bairro Brígida, se deve à ação de Yolita da Cruz que doou uma área de terra para a construção da Escola Estadual de Ensino Fundamental Brígida do Nascimento, da mesma forma que sua trisavó ao doar as terras para a Capela de São Sebastião” (Santa Inézi Domingues da Rocha Neiva Soares- Diretora Cultural do Instituto Cultural Português). Assim como no Brígida, nos arredores da cidade é que começam as histórias da construção de vida de quem habita a Capital Nacional do Chimarrão. (Fonte: Venâncio Aires: Buscando suas raízes, 2013, Maria Zulmira Portella de Moura)

Contra a dengue

O caminhão da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (SISP) vai recolher materiais em desuso para evitar o mosquito Aedes aegypti, na segunda-feira, 28, na Vila Táta e no Loteamento Tirelli, no bairro Bela Vista. Dia 5 de outubro o recolhimento será no Loteamento Primavera, no bairro Universitário.

Aniversário

Neste sábado,26, quem está de aniversário é o Leonardo Queiroz. A família de Leo, estudante do 9º ano, na Escola Cônego Albino Juchem, é uma das entrevistadas nesta edição especial do caderno Bairros. Leonardo está completando 17 anos. Parabéns Leo!

Leonardo (direita) está de aniversário neste sábado,26
Leonardo (direita) está de aniversário neste sábado,26

Mais áreas de lazer

As propostas para aquisição de materiais para revitalização e manutenção de espaços públicos de desporto comunitário já foram recebidas pela Prefeitura. A licitação inclui a compra de materiais como mastros de sustentação para rede de vôlei, goleiras de futsal e de futebol society, gangorras, escorregadores em ferro e chapa de aço, balanços, bancos de praça e outros equipamentos esportivos. A estimativa da Prefeitura é de investir R$ 48.547,90.

Os equipamentos serão instalados em áreas verdes, que estão sendo recuperadas a partir do programa ‘Venâncio é Minha, é de Todos’. Conforme assessoria da Prefeitura, os locais de instalação ainda estão sendo planejados. Um dos locais que será beneficiado é a área de lazer do bairro Macedo, que, recentemente, teve colocação de praça infantil e está tendo remodelações nas quadras para a prática de esportes.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome