Diferença exposta

Dário Martins, que voltou para o PSB, e Dirceu Becker, vice-presidente do PSL, se alfinetaram na quinta-feira, 24, pela manhã, minutos antes do início da apresentação do Plano de Cobertura das Eleições 2020 do jornal Folha do Mate e da rádio Terra FM, no auditório do jornal. Ao chegar para o evento, Martins disse a Becker que o PDT nacional teria divulgado um comunicado proibindo pedir votos a eleitores ou fechar apoio com siglas que simpatizam com o presidente Jair Bolsonaro. Imediatamente, o integrante do PSL lascou: “Tu tem que cuidar do teu partido”. O socialista respondeu que “só queria avisar” e os dois não se falaram mais até o fim do ato. Martins chegou a se envolver na criação do PSL em Venâncio Aires, mas deixou a legenda ao notar que não era bem-vindo, em especial pela presidente Claidir Kerkhoff. Ele é o coordenador de campanha de Giovane Wickert (PSB) e Celso Krämer (PTB). Becker, por sua vez, deixou o MDB e foi para o PSL, participando ativamente da tentativa de crianção de uma terceira via para as eleições municipais deste ano. Quando a iniciativa fracassou, o partido fechou com Jarbas da Rosa (PDT) e Izaura Landim (MDB).

BOA CONVIVÊNCIA

Fora este detalhe do tópico acima, o que se viu foi uma convivência tranquila de cerca de uma hora e meia entre os integrantes dos dois grupos. Aliás, os ‘cabeças’ da eleição, Giovane Wickert (PSB) e Jarbas da Rosa (PDT), fizeram pronunciamentos semelhantes quando foram convidados a deixarem seus recados, antes do encerramento da apresentação. Ambos desejaram um pleito democrático, transparente e sem disseminação de falsas informações. Estamos todos torcendo para que isso realmente aconteça e o eleitor possa fazer a sua escolha com consciência. Isso porque a vida segue depois da eleição e todos vamos tocar nossos dias em Venâncio Aires.

COMEÇA A CAMPANHA

Campanha eleitoral está oficialmente liberada a partir deste domingo, 27. Embora seja inevitável reduzir a circulação dos candidatos e visitas às mais diversas localidades, não tenham dúvida de que os postulantes a cargos eletivos vão dar as caras por tudo que é canto. Vai ser com menos gente na companhia, mas a desaceleração da pandemia de coronavírus incentivará um mínimo de corpo a corpo com os cidadãos venâncio-airenses.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome