O Prefeito Giovane Wickert e a Secretária de Planejamento, Jalila Heinemann conferiram o andamento dos trabalhos na via na última semana (Foto: Camila Sehn/AI Prefeitura)

Uma importante obra de pavimentação em Venâncio Aires segue em ritmo intenso. As máquinas estão a todo vapor na estrada Augusto Silveira de Moraes, conhecida como Corredor dos Gauer, e a pavimentação asfáltica ao longo dos 2,3 quilômetros está cada vez mais próxima.

A empresa RGS Engenharia está realizando o trabalho de instalação de quase cem caixas de ligação pluvial, da implantação das bocas de lobo e instalação dos canos. Além disso, já está concluída uma galeria de concreto que servirá para o escoamento da água, evitando a inundação de residências nas proximidades da Sercsate, na Santa Tecla. Com isso, o trabalho de drenagem ao longo do trecho que liga os bairros Santa Tecla e Bela Vista está com cerca de 75% concluído.

O Prefeito Giovane Wickert, que verificou in loco o andamento dos trabalhos na última quinta-feira, 9, acompanhado da secretária municipal de Planejamento e Urbanismo, Jalila Böhm Heinemann destaca a importância da sequência dos trabalhos no local. “Apesar da pandemia que tem dificultado diversas frentes de trabalho, por conta de empresas que tem paralisado atividades, temos a satisfação de contar com o empenho da RGS que tem agilizado os trabalhos, aproveitaram os dias secos e com isso a obra está 15% adiantada, conforme o cronograma. Por mais que este momento seja de total foco na saúde da nossa comunidade, sabemos também o quanto esta obra é esperada e o quanto é importante aos moradores e para os que utilizam esta estrada. São mais de 20 anos de espera por esta obra que se tornará realidade ainda neste ano.”

Enquanto segue o trabalho de drenagem e instalação dos tubos, em outros trechos já está sendo realizada a parte inicial de cortes, de terraplanagem e escavação e também início da primeira camada de pavimento, que é o rachão. O aterro da via consiste na retirada de material que não proporciona sustentação para trafegabilidade e sequente colocação de material adequado, proporcionando um melhor nivelamento da pista. Os trabalhos devem persistir pelos próximos 30 dias.

O investimento é de R$ 5,2 milhões, a partir de convênio do município com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Deste montante, R$ 4,6 milhões serão utilizados em materiais e R$ 621 mil em mão de obra.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome