Instituição confirmou depósito de 50% da folha de setembro nesta terça, 8 (Foto: Alvaro Pegoraro/Folha do Mate)

Não é novidade e a possibilidade de um novo atraso de salário dos funcionários do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) já havia sido confirmada em setembro pela direção da instituição. De fato, os trabalhadores, que deveriam receber até o quinto dia útil de outubro (7), ainda não têm todo o dinheiro nas respectivas contas bancárias.

Como isso foi ventilado nas últimas semanas – após o atraso da folha de agosto – , o que também já estava confirmado era uma nova assembleia convocada pelo Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Santa Cruz do Sul e Região (Sindisaúde).

Segundo a técnica em Enfermagem e representante dos funcionários junto ao Sindisaúde, Lovane Sausen, o encontro ocorre nesta quarta-feira, 9, a partir das 17h, na Associação dos Funcionários do HSSM. “Essa assembleia já havia sido acordada na assembleia anterior, até porque o Sindisaúde não recebeu nenhum informe sobre o pagamento de salário referente a setembro”, informou.

A reunião anterior referida por ela é aquela que resultou em um protesto, no dia 23 de setembro. A manifestação aconteceu porque, até aquele momento, os cerca de 500 trabalhadores não tinham recebido 40% da folha de agosto. O depósito integral aconteceu no dia 26.

O assunto da reunião de hoje, naturalmente, será a questão salarial, mas não há nenhuma definição prévia. “Qualquer decisão depende do que a categoria deliberar”, disse Lovane.

METADE

Ainda na semana passada, durante o anúncio da criação da Comissão de Elaboração do Plano de Apoio à Gestão Administrativa, Financeira e Operacional do hospital, em parceria com a Prefeitura, o presidente do HSSM, Luciano Spies, disse que ‘não havia chance’ de a folha de setembro ser quitada de forma integral e ocorreria novo parcelamento.

Nesta terça-feira, 8, ele revelou que 50% dos salários foram efetuados ainda ontem à tarde. Mesmo com essa confirmação, o presidente do Sindisaúde, José Carlos Haas, afirmou que a assembleia de hoje está mantida. “Que bom que parte do valor foi paga, mas estaremos lá [Venâncio], de qualquer forma, para ouvir a categoria. A assembleia está confirmada.”

OUTROS

A direção do HSSM confirmou que os funcionários que estão em férias já receberam os valores correspondentes. Quanto aos vencimentos dos médicos, pagos geralmente entre os dias 15 e 20 de cada mês, o presidente, Luciano Spies, informou que a metade do valor de julho que ainda estava em aberto foi quitada nesta segunda-feira, 7. Já o mês de agosto segue pendente.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome