Foto: Reprodução

O governador Eduardo Leite anunciou na tarde desta segunda-feira, 13, que Venâncio Aires e os demais municípios da região de Santa Cruz do Sul permanecem na bandeira laranja na classificação do Distanciamento Controlado. A decisão foi anunciada durante transmissão ao vivo pelas redes sociais do Governo do Estado, após o recurso feito pelos municípios da região ter sido deferido. A permanência na bandeira laranja garante que o comércio continue aberto e que as atividades nas indústrias não precisem ser reduzidas.

Conforme informações do portal do Governo do Estado, a região de Santa Cruz apresentou melhoria na situação das hospitalizações, passando de 11 para sete, e uma queda nos registros de novos óbitos, passando de três para um. Durante a fala, o governador Eduardo Leite explicou que foi possível perceber que houve um aumento dos casos ativos de Covid-19 na proporção com os recuperados, o que sugere cuidado e um alerta para as autoridades locais. Ainda segundo informações do Estado, no geral, os indicadores permitiram que a região pudesse permanecer em bandeira laranja.

O governador também destacou que um fator que influenciou para que muitas regiões tivessem piora na classificação foram indicadores estaduais, como redução da disponibilidade de leitos e de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o prefeito Giovane Wickert falou sobre a reclassificação de Venâncio e da região no Distanciamento Controlado, destacando o empenho dos prefeitos e equipes técnicas dos municípios que integram o Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) e da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp).

O gestor também ressaltou que apesar de se permanecer na bandeira laranja segue o alerta para que se continue conduzindo bem esse processo. “Agradeço a comunidade e aos demais municípios que estão se esforçando para manter os protocolos”, destaca. Wickert também observa que entrar em uma bandeira vermelha neste momento significaria grandes prejuízos para o comércio e boa parte das indústrias. “Agora, é continuar segundo os protocolos. Vamos manter o toque de recolher às 22h. Vamos continuar defendendo o equilíbrio entre a economia e a saúde”, pondera.

O prefeito de Venâncio também comentou que será enviado hoje pela manhã um relatório ao governador Eduardo Leite sobre as ações que estão sendo desenvolvidas no município para combater a disseminação do coronavírus, como a instalação do Centro Respiratório, a oferta de um contato de 0800, novos leitos de UTI, a testagem em massa, além de outras medidas.

*Texto atualizado às 20h41min, para acréscimo de informações. 

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome