O que o eleitor precisa saber para votar neste domingo

-

Faltam apenas seis dias para as eleições 2020. Neste ano, em decorrência da pandemia do coronavírus, os eleitores terão que seguir algumas regras para exercer o direito à democracia, no dia 15 de novembro.

Para a garantia da segurança e fluxo de pessoas nas seções eleitorais, o Cartório Eleitoral já vem tomando algumas providências, para evitar o contato dos eleitores com os mesários.

Diferente das eleições dos outros anos, os eleitores terão que se posicionar na fila da mesa receptora de votos, mantendo uma distância de um metro dos demais, deverão apresentar o documento com foto aos mesários, higienizar as mãos com frequência e assinar o caderno de votação, preferencialmente com a caneta própria.

As seções eleitorais estarão abertas das 7h às 17h. No início da manhã, das 7h às 10h, a prioridade será para eleitores acima de 60 anos. Os demais, que forem neste horário, deverão ficar no fim da fila de votação.

Veja abaixo o que o eleitor precisa saber para votar com tranquilidade, desde a entrada na seção eleitoral, a identificação documental até a digitação dos números dos seus candidatos na urna e saída da seção eleitoral.

Organização e fluxo

  1. O eleitor deverá passar apenas uma vez pela mesa receptora de votos (a mesa em que estão localizados os mesários). Assim, após a identificação do eleitor por meio de exibição de documento oficial com foto, o eleitor, antes de assinar o caderno de votação, deverá guardar o seu documento de identidade e, se desejar, solicitar o comprovante de votação antes de se dirigir à cabine de votação. No fluxo de votação original, o documento oficial e o comprovante de votação somente eram entregues ao eleitor após a votação, e a entrega do comprovante de votação era obrigatória;
  2. O eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel após a sua identificação, de modo que ele assine o caderno de votação com as mãos já limpas;
  3. Após votar, o eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel novamente, antes de sair da seção eleitoral

Confira o passo a passo para o dia 15 de novembro

  • O eleitor deverá entrar na seção eleitoral e se posicionar na frente da mesa receptora de votos (isto é, a mesa do mesário), respeitando o distanciamento mínimo de 1 (um) metro conforme marcação de fita adesiva;
  • Para evitar contato com o mesário, o eleitor deverá exibir o seu documento oficial com foto, erguendo o braço em direção ao mesário;
  • O mesário irá localizar o nome do eleitor no caderno de votação e ler em voz alta o número do título do eleitor para que o presidente digite esse dado no terminal do mesário. O presidente lerá em voz alta o nome do eleitor que aparece no terminal do mesário e o eleitor deverá confirmar que é ele;
  • O eleitor deverá guardar o seu documento de identificação;
  • O eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel;
  • O eleitor deverá assinar o caderno de votação (de preferência, com a sua própria caneta). Caso o eleitor não possa assinar o caderno de votação, será feita a coleta da impressão digital com uso da almofada para carimbo. O eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel antes e depois do uso da almofada;
  • Se precisar do comprovante de votação, o eleitor deverá solicitá-lo ao mesário antes de se dirigir à cabine de votação;
  • Quando a urna for habilitada, o eleitor deverá se dirigir à cabine de votação;
  • O eleitor deverá digitar os números dos seus candidatos e apertar a tecla “confirma” após cada voto;
  •  Após votar, o eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel novamente e se retirar da seção eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes