Picada da fêmea do Aedes Aegypti transmite a dengue, além do zika vírus e da chikungunya (Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas)
Picada da fêmea do Aedes Aegypti transmite a dengue, além do zika vírus e da chikungunya (Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas)

Até a quinta-feira, 4, o número de casos confirmados de dengue era de 165. A informação foi divulgada pela Coordenadoria de Comunicação e Marketing da Prefeitura, desde a segunda-feira, 1°, foram positivados 13 novos casos de dengue no município.

No total, já foram testadas 248 pessoas, destas 75 tiveram o resultado negativo. Outros oito exames estão em análise no Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen). Um óbito também ocorreu, no fim do mês passado, no município por conta da doença.

LEIA MAIS: 

Confira a cartilha virtual de combate à dengue produzida pela Folha do Mate

Dengue: frio chegando, mas cuidados devem ser mantidos o ano todo

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome