A Delegacia da Receita Federal de Santa Cruz do Sul divulgou, nesta semana, o valor repassado para doações na declaração do Imposto de Renda (IR) 2020.
Padilha diz que potencial dos municípios mostra que valor de doação pode ser muito maior (Foto: Divulgação)

A Delegacia da Receita Federal de Santa Cruz do Sul (DRF/RS) divulgou, nesta semana, o valor repassado para doações na declaração do Imposto de Renda (IR) 2020. Venâncio Aires tinha o potencial de doação de R$ 1.612.086,79, porém foram repassados R$ 27.559,07 – o equivalente a 1,7% do total.

O valor é 20,40% a menos do que foi arrecadado no ano passado, quando foram doados R$ 34.620,85. Segundo informado pela Receita Federal, o potencial de Venâncio corresponde a 3.241 contribuintes aptos para destinar recursos, mas apenas 50 repassaram parte do valor devido para as entidades neste ano. Cada contribuinte pode destinar até 6% do valor devido, sendo 3% para o Fundo Municipal do Idoso e 3% para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente.

Houve redução, também, no número de destinações, que passaram de 64, em 2019, para 50, neste ano. Os contribuintes de Venâncio Aires destinaram R$ 1.260,74 para o fundo do idoso e R$ 26.298,33 para o da criança e do adolescente

O delegado da DRF de Santa Cruz do Sul, Leomar Padilha, afirma que a diminuição pode estar atrelada à redução de pessoas que destinam, que podem ter trocado de cidade. “Outro aspecto importante é a falta de informação, muitas pessoas não sabem que podem destinar, o que demanda uma grande campanha na cidade, durante a entrega das declarações”, analisa.

Por outro lado, nos municípios vizinhos e, de modo geral, no Rio Grande do Sul e Brasil, as doações aumentaram do período. O incremento do ano passado para este, no país, foi de 25,53% e, no Rio Grande do Sul, de 12,09%. Vale ressaltar que em 2019 era possível doar 3% para o Fundo da Criança e do Adolescente e somente e, neste ano, passou a ser possível destinar 3% para cada entidade.

Padilha celebra os resultados obtidos nos municípios atendidos pela DRF de Santa Cruz do Sul como um todo, principalmente na cidade-sede, que obteve um incremento de 21,49%. Ele ressalta que é preciso comemorar os resultados favoráveis, mas também analisar o potencial dos municípios, que é muito maior do que o destinado. “Isso nos motiva a trabalhar cada vez mais para que as pessoas destinem parte de seu Imposto de Renda para os projetos sociais, tendo em vista que cada vez mais a sociedade terá que cuidar das pessoas em situação de vulnerabilidade social, pois o estado sozinho não conseguirá dar conta”, afirma.

  • Cada contribuinte pode doar 6% do imposto devido, a ser destinado para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente e Fundo Municipal do Idoso. A doação deve ser informada diretamente na declaração.

Valor total declarado ainda não foi divulgado

O valor total das declarações do IR nos municípios ainda não foi divulgado, pois o processamento das informações demora para ser finalizado. O delegado regional da Receita Federal, Leomar Padilha, informa que Venâncio Aires tem o potencial de renda da pessoa física de R$ 185 milhões, sendo que o Imposto de Renda fica por volta de R$ 39 milhões.

Sobre a prorrogação do prazo para envio das declarações, que tradicionalmente acontecia até o fim do mês de abril e, neste ano, se estendeu até junho, o delegado avalia que foi uma decisão acertada.

“A sociedade estava muito preocupada com a pandemia e não sabia muito o que fazer. A declaração era mais uma preocupação”, diz. Segundo ele, a maior parte das declarações foi entregue nas últimas semanas, o que demonstra que a decisão foi a correta.

LEIA MAIS: Em Venâncio, 9,6 mil contribuintes declararam o Imposto de Renda 2020

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome