Comissão de Agricultura da Assembleia aprova projeto que altera local para a classificação do tabaco

-

Após 35 dias de muita mobilização para vencer resistências ao avanço do Projeto de Lei 204/2015, os deputados integrantes da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembleia Legislativa votaram e aprovaram por unanimidade, nesta quinta-feira, 14, o parecer favorável do deputado Elton Weber (PSB). Com isso, a proposição do deputado Zé Nunes (PT) que transfere o local de classificação do tabaco da indústria para a propriedade do agricultor poderá prosseguir sua tramitação. A modificação dará mais transparência no ato de compra e venda, além de eliminar custos adicionais para o fumicultor quando não há acordo na determinação do preço.

Vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Fumicultores da Assembleia Legislativa, Weber comemorou e reafirmou que irá se empenhar para que a votação em Plenário posso ocorrer em breve. O parlamentar reforça a importância da modificação para o equilíbrio do sistema de integração. “Somos defensores dos agricultores, da saúde e equilíbrio da cadeia produtiva. Queremos uma relação mais justa para o fumicultor, dando maior segurança, respeito, proteção e amparo a quem produz. É o momento do setor industrial melhorar a relação com o fumicultor, que está insatisfeito”

Weber reforçou que o parecer foi construído após ouvir as principais entidades representativas da cadeia produtiva. No Rio Grande do Sul a produção de tabaco é realizada por aproximadamente 71 mil famílias que têm nesta produção a sua principal fonte de renda, produzindo mais de 283 mil toneladas de tabaco, segundo dados da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) referentes a safra 2020/2021. (Fonte: AI Elton Weber)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas

Exclusivo Assinantes